Vida Urbana

Vítimas de acidente que estavam em estado grave apresentam melhora

Batida deixou cerca de 60 pessoas feridas e aconteceu quando o coletivo colidiu em uma árvore.



Maurício Melo
Maurício Melo

O motorista Gutemberg dos Santos Marinho e os adolescentes que apresentavam com o quadro clínico grave após o acidente de ônibus que ocorreu na madrugada de domingo para segunda-feira (9) na Avenida Epitácio Pessoa, em João Pessoa, tiveram melhoras e estão em estado regular. As informações foram divulgadas pela assessoria de imprensa do Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena. Além disso, outros oito passageiros tiveram alta após receberem atendimento médico.

A ocorrência, que deixou cerca de 60 pessoas feridas, aconteceu quando o ônibus bateu em uma árvore. O coletivo estava cheio devido ao grande fluxo de foliões nas ruas, ocasionado pelo desfile das Virgens de Tambaú, tradicional bloco da prévia carnavalesca do Folia de Rua. O acidente foi registrado pelo Corpo de Bombeiros por volta das 2h30.

Segundo informações da instituição, após a batida, 46 pessoas, entre passageiros e pedestres, foram levadas para o Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena e outras 13 foram encaminhadas para o Ortotrauma de Mangabeira, também na capital. Conforme os Bombeiros, a colisão ocorreu depois de o veículo ter se desgovernado e cruzado a avenida, colidindo com a árvore de uma calçada em sentido oposto. O motorista do coletivo ficou preso às ferragens e foi socorrido em estado gravíssimo.

De acordo com relatos de testemunhas, repassados pelos Bombeiros, a causa do acidente teria sido uma pedrada, que atingiu o motorista e o fez perder o controle do ônibus. Uma perícia foi realizada pela polícia e pelos bombeiros; o resultado confirmando a causa do acidente deve sair em 30 dias. O boletim divulgado pelo Trauma mostra que a maioria das vítimas internadas está em estado regular.
 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.