Vida Urbana

Vistoria aponta falta de profissionais na Unimed

Fiscalização foi realizada pela Promotoria do Consumidor, em parceria com o CRM-PB e Coren-PB.



Divulgação
Divulgação
Fiscalizações no hospital da Unimed continuam e somente após a finalização da vistoria serão preparados os laudos

Uma fiscalização realizada na tarde de ontem constatou a falta de profissionais capacitados para alguns setores no hospital da Unimed, em João Pessoa. A ação foi desenvolvida pela Promotoria do Consumidor, em parceria com o Conselho Regional de Medicina (CRM) e Conselho Regional de Enfermagem (Coren), que começou uma série de vistorias em unidades de saúde de João Pessoa.

Segundo o relatório, na Unimed, na parte de atendimento, foi constatado o déficit de profissionais de enfermagem. Nas ambulâncias, por exemplo, ao invés de enfermeiros, como manda a resolução do Conselho Federal de Enfermagem 375/2011, foram encontradas técnicas de enfermagem.

Já na emergência, foi averiguado que a identificação de pacientes é feita de forma inadequada, já que o reconhecimento é feito pelo número do box onde o paciente fica e não pelo nome.

Caso o paciente se levante e outro ocupe o seu lugar, pode ocorrer uma confusão no tratamento.

As fiscalizações no hospital da Unimed continuam hoje e somente após a finalização da vistoria serão preparados os laudos técnicos pelos órgãos que participaram das ações.

De acordo com o promotor Glauberto Bezerra, a inspeção não tem cunho punitivo, mas visa buscar melhorias para as unidades.

“Nós temos um programa de saúde e segurança do consumidor, que é permanente. Por isso, estamos verificando vários aspectos desde o atendimento, passando por questões de segurança, resíduos, estrutura física, médica, inclusive refeitório, tanto no preparo do alimento para os pacientes como no dos funcionários”, informou.

A assessoria de imprensa da Unimed informou que não tomou conhecimento das irregularidades apontadas pelo relatório do Ministério Público e só vai emitir parecer após recebimento oficial do relatório.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.