Vida Urbana

União de moradores causa confusão no Bairro das Industrias

Alguns participantes da União Nacional por Moradia Popular reclamaram de agressividade do dono do terreno



Walter Paparazzo
Walter Paparazzo

Uma confusão aconteceu na tarde desta segunda-feira (16)  depois que um homem foi com um trator até um terreno, que ele diz ser dele, no Bairro das Indústrias, para retirar pedaços de madeira que foram colocados pela União Nacional por Moradia Popular (UNMP/PB) para delimitar espaço.

O tenente Albuquerque, da Polícia Militar, informou que “o homem, que não se identificou nem foi identificado, é realmente dono do terreno e agiu dentro da lei e de forma pacífica. Segundo o tenente, ele usou um trator para retirar várias delimitações que haviam sido feitas com madeira.

O coordenador da UNMP/PB, Lúcio Ricardo disse que eles ocuparam o terreno para protestar contra a distribuição das casas do Programa Habitacional Minha Casa Minha Vida, que segundo ele, foram sorteadas para pessoas de outros bairros.

“Ocupamos o terreno pacificamente e não era necessário o uso de máquinas. Nos inscrevemos para receber as casas que seriam dadas pelo Minha Casa Minha Vida, mas ficamos sabendo que elas foram dadas para outros bairros”, disse.

Lúcio disse ainda que “foi feito um acordo com a Secretaria de Habitação, para que seja feita uma revisão nas demandas direcionadas das casas do programa. Queremos que elas sejam dadas as pessoas da comunidade, que tem esse direito e estão devidamente inscritas”.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.