Vida Urbana

Última paciente recebe alta e Hospital de Campanha começa a ser desmontado nesta sexta

Equipamentos vão para hospitais do interior, onde os casos de internação cresceram.




Última paciente recebe alta e Hospital de Campanha começa a ser desmontado nesta sexta. Foto: Ricardo Puppe/Secom-PB

Os últimos pacientes do Hospital Solidário, montado no estacionamento do Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires, em Santa Rita, na Grande João Pessoa, receberam alta na tarde desta quinta-feira (30). A partir desta sexta, a estrutura passará a ser desmontada, destinando os equipamentos para unidades hospitalares da rede estadual de saúde localizadas nas cidades do interior, onde o número de internações cresceu.

Analice Mizael, 66 anos, do município de Belém, na Paraíba, foi a última paciente a receber alta do Hospital Solidário, após nove dias de internação para tratamento da Covid-19. “Eu não tenho do que me queixar do atendimento que recebi aqui neste hospital, do carinho e atenção de todos que me ajudaram, vieram até o meu leito, me medicaram, e conversaram comigo. Cheguei aqui muito angustiada e temerosa, mas com o passar dos dias e o tratamento que recebi, fui me tranquilizando e saio daqui a pessoa mais vencedora do mundo”, disse.

Em 102 dias de funcionamento, 800 pacientes deram entrada no hospital com estrutura provisória de 120 leitos de enfermaria. O secretário estadual de Saúde, Geraldo Medeiros, afirmou que a unidade manteve uma ocupação média de 20% durante o mês de julho, o que possibilitou a sua desativação. De acordo com Geraldo, 42 leitos de UTI e 47 de enfermaria exclusivos para Covid-19 continuam ativos na unidade.

O diretor-geral do Hospital Metropolitano, Antônio Pedrosa, afirmou que a sensação é de dever cumprido, mesmo ainda com a luta contra a Covid-19 continuando. Segundo Pedrosa, a união dos profissionais que atuaram na linha de frente foi essencial para garantir os cuidados com a vida dos pacientes.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.