Vida Urbana

UFPB lança e-book com receitas divertidas para fazer com crianças na quarentena

Material gratuito de educação alimentar e nutricional está disponível para download.




Professores e estudantes dos cursos de Gastronomia e de Nutrição da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), em parceria com nutricionistas especialistas na área materno-infantil, lançaram o e-book Gastronomia Divertida, com receitas para fazer com e para crianças na quarentena, devido à pandemia do novo coronavírus. O material é gratuito e está disponível para download.

O livro digital traz jogos e brincadeiras sobre educação alimentar e nutricional e instruções para uma alimentação saudável, por meio da preparação de sucos, de doces e de salgados nutritivos. Ao longo das páginas, será possível encontrar receitas de hambúrguer de banana e brusqueta nordestina, bolinhos, cremes, tortas, sorvetes e as curiosas pizzqueca e bomba doce de tapioca, entre outras gostosuras.

“O e-book mostra receitas saudáveis e divertidas para fazer junto com as crianças e contém brincadeiras e joguinhos para que, através deles, as crianças possam aprender conceitos importantes sobre educação alimentar e nutricional”, explica Noádia Rodrigues, professora de Higiene dos Alimentos do Departamento de Gastronomia, vinculado ao Centro de Tecnologia e Desenvolvimento Regional da UFPB.

De acordo com a docente, mesmo durante o isolamento, momentos de alegria podem ser compartilhados e a cozinha pode ser um espaço de descobertas, brincadeiras, troca de saberes e oportunidade para tornar os dias mais divertidos. As práticas alimentares, segundo Noádia Rodrigues, devem envolver toda a família.

“A alimentação saudável é fundamental para a promoção da saúde das crianças. É preciso ofertar a elas uma alimentação variada e nutritiva, pois muitas consomem alimentos de alta densidade energética, ricos em gordura, açúcar e sal e possuem um baixo consumo de frutas, vegetais e alimentos integrais”, alerta a professora.

Conforme o e-book, uma alimentação desequilibrada pode determinar um estado de saúde precário na infância e refletir em doenças crônicas não transmissíveis na vida adulta, além de redundar em excesso de peso e obesidade.

Conforme os pesquisadores, as receitas e brincadeiras foram testadas e aplicadas em escolas e creches dos municípios de Cabedelo e João Pessoa, na Paraíba, durante o desenvolvimento de projetos de extensão que tiveram o objetivo de promover educação nutricional para estudantes.

Além da professora Noádia Rodrigues, também são autores do e-book as nutricionistas Geovanna Paiva e Jéssica Rodrigues e os estudantes France Silva, Dione Lima, Elcio Garcia Júnior e Rafael Alves.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.