Vida Urbana

UFPB aprova segundo período suplementar com aulas remotas

Aulas estão suspensas na universidade desde março, em virtude da pandemia da Covid-19.




Foto: Angélica Gouveia/UFPB

A Universidade Federal da Paraíba (UFPB) aprovou nesta terça-feira (4) a oferta do segundo período suplementar, cujas aulas e demais atividades serão realizadas de maneira remota em virtude da pandemia da Covid-19. As aulas da instituição estão suspensas desde março devido ao risco de contágio pelo novo coronavírus.

Conforme decidido pelo Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) da UFPB, as matrículas para o novo período suplementar terão início no dia 17 de agosto, e poderão ser feitas no Sistema Integrado de Gestão Acadêmica (Sigaa). Já as aulas irão começar no dia 8 de setembro, e se encerrarão no dia 12 de dezembro.

A decisão pela criação do novo período foi apresentada pela Pró-reitoria de Graduação (PRG) ao Consepe no último dia 27 de julho. A adoção do novo regime considerou uma pesquisa realizada com estudantes e professores a respeito das atividades de ensino e aprendizagem postas em prática de maneira remota.

A instituição deve publicar na próxima quinta-feira (6), após o feriado de aniversário de João Pessoa, celebrado nesta quarta-feira (5), detalhes da decisão que regulamenta o novo período letivo.

Os períodos letivos 2020.1 e 2020.2 não têm previsão para retornar na Universidade Federal da Paraíba (UFPB), considerando o cenário epidemiológico provocado pela pandemia da Covid-19.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.