Vida Urbana

UEPB suspende aulas até quinta-feira e UFCG nesta terça-feira; UFPB abonará faltas

Em Hospital Universitário, as cirurgias eletivas vão ser remarcadas.




No Hospital Universitário em João Pessoa, direção vai remarcar cirurgias eletivas

A Administração Central da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) divulgou nota, informando que as aulas ficarão suspensas até a próxima quinta-feira (31) devido ao desabastecimento de combustível em virtude da greve dos caminhoneiros. Na Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), não haverá aulas nesta terça-feira (29), enquanto a Universidade Federal da Paraíba (UFPB) abonará as faltas nesta terça e quarta-feira (30). Veja as notas das reitorias das instituições.

Nota da UEPB

A Administração Central da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) informa à comunidade universitária que, em reunião com pró-reitores e demais integrantes da equipe de auxiliares da Reitoria, na manhã desta segunda-feira (28), no Câmpus de Bodocongó, decidiu retomar as atividades administrativas na Instituição a partir desta terça-feira (29), em todos os câmpus da Universidade.

Desta forma, os servidores que desempenham funções administrativas nos diversos setores institucionais devem voltar ao trabalho normalmente. A orientação da Administração Central é de que haja esforço no sentido de, na impossibilidade de utilizar veículo próprio para o deslocamento, os servidores utilizem transporte público ou se organizem através de caronas solidárias para que cheguem ao seu local de trabalho. Aqueles servidores que não comparecerem para seu expediente devem apresentar justificativa de falta à chefia imediata.

Com relação às atividades acadêmicas, como ainda persiste a dificuldade de deslocamento de alunos aos seus locais de estudo, especialmente dos que estudam em local distinto de onde residem, estão suspensas as atividades didáticas presenciais até o dia 31 de maio. No entanto, a orientação aos professores é para que entrem em contato com suas turmas (por telefone, e-mail ou mídias sociais) e programem realização de atividades à distância, de forma que, academicamente, as tarefas sejam cumpridas e não haja prejuízos com relação ao cronograma do calendário acadêmico do período em vigor.

Também estão suspensas, até ulterior deliberação, todas as atividades acadêmicas que necessitem do uso de veículo da frota da Universidade, tais como aulas de campo, viagens acadêmicas de professores e estudantes, entre outras. O calendário de defesas de Trabalhos de Conclusão de Curso (TCCs) na graduação e de teses e dissertações na pós-graduação está mantido e a Universidade garantirá logística para que os membros das bancas examinadoras compareçam aos locais de apresentação dos trabalhos.

Os procedimentos relacionados a reingresso de curso, mudança de turno e demais solicitações que são feitas de forma online não tiveram seus prazos alterados. Já procedimentos que são realizados presencialmente terão seus prazos ajustados pela Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD) e as novas datas serão divulgadas em breve.

No tocante às multas de usuários que deveriam devolver livros emprestados às bibliotecas durante o período de ponto facultativo, elas serão abonadas, desde que todos os livros e itens recebidos por empréstimo sejam devolvidos até a próxima segunda-feira, 4 de junho.

Nota da UFCG

O Reitor da Universidade Federal de Campina Grande, no uso de suas atribuições estatutárias, e considerando a permanência do contexto de dificuldades decorrentes da greve dos caminhoneiros, decide:

1. Suspender as atividades acadêmicas, incluindo estágios, concursos e seleções públicas, marcadas para esta terça-feira, dia 29 de maio.

2. Manter as atividades dos Hospitais Universitários, sem alterações.

3. Preservar as atividades administrativas, notadamente as consideradas essenciais.

4. Recomendar as chefias imediatas a possibilidade de abonar eventuais atrasos e ou faltas ao trabalho, comprovadamente, decorrentes do movimento grevista.

A Reitoria manter-se-á em permanente avaliação do referido contexto, publicando, amanhã, dia 29, nova comunicação.

Nota da UFPB

A Reitoria da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) instrui que docentes e coordenações de ensino não realizem chamadas e atividades avaliativas e que chefias abonem o tempo de atraso dos servidores técnico-administrativos nestas terça (29) e quarta-feira (30), por causa das repercussões da paralisação dos caminhoneiros que afeta todo o País há oito dias. Essas recomendações valem para todos os Campi.

A Administração Superior reitera que continuarão em funcionamento os serviços imprescindíveis para o atendimento da comunidade universitária e da população em geral e para a manutenção da instituição.

A Reitoria da UFPB, em constante diálogo com os demais gestores e representantes das categorias que compõem a comunidade acadêmica, permanecerá atenta e manterá todos informados sobre os impactos da paralisação no funcionamento da instituição.

Restaurantes Universitários

A prestação do serviço mantém-se inalterada: café da manhã das 6 às 8h, almoço das 10h30 às 13h e jantar das 16h30 às 18h30. Eventuais alterações nos horários serão comunicadas na página eletrônica da Pró-reitoria de Assistência e Promoção ao Estudante (Prape).

Bibliotecas Central e Setoriais

A Biblioteca Central não realizará empréstimo de livros e direção e secretaria trabalharão em serviços internos. Livros emprestados com data de devolução de 24 a 30 de maio poderão ser devolvidos, sem cobrança de multa, até o dia 05 de junho. As elaborações de fichas catalográficas de teses e de dissertações ocorrerão normalmente, através do e-mail fichacatalografica@biblioteca.ufpb.br. O depósito de teses e de dissertações funcionará de 9h às 13h. As setoriais seguirão orientações dos Centros de Ensino.

Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW/UFPB)

As cirurgias eletivas serão remarcadas e o atendimento ambulatorial opera normalmente.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.