Vida Urbana

Polícia registra três mortes em duas horas na Região Metropolitana de João Pessoa

Crimes aconteceram em Pedras de Fogo, Santa Rita e João Pessoa. Ninguém foi preso.




Três homicídios foram registrados em um intervalo de menos de duas horas na Região Metropolitana de João Pessoa, na noite desta quarta-feira (15). De acordo com a Polícia Militar, os assassinatos aconteceram entre 19h e 20h40 nas cidades de Santa Rita, Pedras de Fogo e na capital João Pessoa. Todas as vítimas são do sexo masculino e foram mortas a tiros.

O primeiro crime foi registrado na comunidade do Bessa, na cidade de Pedras de Fogo. Allan Antonio da Silva Sousa, de 21 anos, era suspeito de assaltos e tráfico de drogas no município. Testemunhas informaram à polícia que os suspeitos foram vistos fugindo para a cidade vizinha de Itambé, que já é Pernambuco.

Menos de 20 minutos depois, no Alto das Populares, em Santa Rita, na Grande João Pessoa, um homem de 30 anos foi morto com 19 tiros de calibre 38, de acordo com a PM. A vítima, identificada como Thiago Bezerra, era ex-presidiária e também usava drogas.

O terceiro crime da noite de quarta-feira (15) foi registrado no bairro do Padre Zé, em João Pessoa. Hebert Bernardo de Lima foi abordado por dois homens a pé, que atiraram várias vezes. A vítima foi atingida por seis tiros e morreu no local.

A Polícia Militar fez uma série de buscas, mas até a manhã desta quinta-feira (16) nenhum suspeito tinha sido localizado e preso.

 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.