Vida Urbana

Trauma de JP aumenta efetivo no final de ano

Trauma de João Pessoa aumenta efetivo de plantonistas no final de ano




Para assegurar o atendimento de urgência e emergência aos paraibanos durante os plantões de Natal e Réveillon, o Hospital de Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, em Campina Grande, e o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, já decidiram a escala de médicos que estará disponível para este final de ano. Somente na capital haverá um aumento no efetivo dos plantonistas do hospital, saindo de 100 médicos para 130 e de 240 para 312 entre técnicos e enfermeiros. Já em Campina a escala continuará sendo de 35 plantonistas 24 horas em todas as especialidades de urgência.

A justificativa para a manutenção do número de médicos no principal hospital de Campina foi dada pelo diretor administrativo, Flawber Cruz, que argumentou acerca da escassez de médicos dispostos a trabalhar tanto nas vésperas, quanto nos dias de Natal e Ano Novo. “É muito difícil encontrarmos médicos dispostos a dar plantão nessa época de final de ano. Mas a população poderá ficar tranquila que iremos manter nossa escala habitual e temos certeza de que será suficiente para atender à demanda”, projetou o médico.

E para esta época de fim de ano, o principal fator que levou a direção do Trauma de João Pessoa a aumentar o número de médicos plantonistas reflete no número de atendimentos relacionados a acidentes de motocicletas que são registrados em plantões de feriados. De acordo com a assessoria de comunicação do hospital, oito em cada dez leitos destinados a vítimas de acidentes de trânsito são destinados a pessoas que estavam se deslocando através de motos.

Já acerca de atendimentos, o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande realizou 98.634 procedimentos médicos e 8.487 cirurgias este ano. De janeiro a novembro, de acordo com dados passados pela assessoria de comunicação do hospital, o Centro de Imagens registrou 78.119 raios-x, 8.162 tomografias, 8.754 ultrassonografias e 1.927 endoscopias. Somente no mês de novembro foram 8.564 atendimentos no setor de emergência e 818 cirurgias.

Em relação aos acidentes automobilísticos foram registrados mais de 10.300 pacientes vítimas de acidentes de trânsito. Sendo 8.911 de moto, 992 de carro e 397 de bicicleta. Em João Pessoa, a direção do Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena confirmou a realização até o mês de novembro de 7.877 atendimentos a vítimas de acidentes de trânsito.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.