Vida Urbana

Transporte coletivo de João Pessoa circula com frota reduzida a partir desta quinta-feira

Medida é uma forma de evitar a proliferação do novo coronavírus, contagiando passageiros e trabalhadores.




Transporte coletivo de João Pessoa vai circular com frota reduzida a partir desta quinta-feira. Foto: Rizemberg Felipe/Arquivo

A frota de ônibus que faz o transporte público em João Pessoa vai ser reduzida, em determinados horários, a partir desta quinta-feira (19). De acordo com o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de João Pessoa (Sintur-JP), a medida é uma forma de evitar a proliferação do novo coronavírus (Covid-19), contagiando passageiros e motoristas.

Ao JORNAL DA PARAÍBA, não foi informado o tempo de duração desta medida de redução da frota. Na terça-feira (17), o Sintur-JP informou que os ônibus que circulam em João Pessoa seriam higienizados duas vezes por dia, assim como os principais terminais de integração.

Confira a nota do Sintur-JP:

Diante do cenário atual, com aulas, atividades comerciais e repartições públicas paralisadas, além de boa parte da população seguindo a orientação dos órgãos públicos da Saúde e fazendo isolamento social, o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de João Pessoa (Sintur-JP) comunica que a partir desta quinta, 19, a frota operante da capital está atuando com ajustes nos horários de menor demanda.

 

CBTU João Pessoa suspende oferta de trens extras

 

O superintendente da CBTU João Pessoa, Paulo Barreto, em atendimento às orientações do Governo Federal e às determinações preventivas ao COVID-19 do Ministério Saúde e Organização Mundial da Saúde, suspendeu, a partir desta quinta-feira (19), a oferta de três viagens extra da grade horária.

A decisão é uma consequência da redução no número de maquinistas, já que alguns estão enquadrados no grupo de risco de contaminação do Novo Coronavírus e foram afastados temporariamente das suas funções.

A Companhia esclarece ainda que está seguindo as recomendações do Ministério da Saúde, e junto com as operadoras de trens do Brasil, através da Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos (ANPTrilhos), está monitorando o crescimento do vírus com um comitê estratégico onde são discutidas ações de informações e medidas necessárias para minimizar os riscos de transmissão nos sistemas.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.