Vida Urbana

Todos os postos de João Pessoa foram notificados por aumento da gasolina

Ação do Procon-jp visa confrontar notas fiscais para averiguar venda irregular do produto.




Postos de combustíveis ajustaram os preços e repassam para o consumidor. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Todos os 102 postos de combustíveis localizados em João Pessoa foram notificados pela Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP) para que entreguem as três últimas notas fiscais de compra do produto. O Procon-JP quer explicação para os aumentos ocorridos no preço da gasolina no mês de setembro e início de outubro.

O secretário do Procon-JP, Helton Renê, explica que, através dessa documentação, o Procon-JP vai analisar quem extrapolou o índice de reajuste previsto pelo Governo Federal. “Nós realizamos pesquisas de preços comparativas justamente para podermos monitorar, inclusive, considerando os reajustes aplicados pela Petrobras, e a melhor forma de termos certeza do que está ocorrendo no momento é através da avaliação das três últimas notas fiscais de compra do produtos”, afirmou.

Quem comercializou gasolina com preço novo utilizando estoque antigo está cometendo irregularidade, alerta Helton Renê. “Isso também será verificado através das notas fiscais e das pesquisas. Sabemos que houve aumento oriundo da Petrobras e que alguns postos estavam ‘segurando’ os preços, mas, como o menor preço sofreu uma alta de mais de 25 centavos em nossa última pesquisa de setembro passado, vamos averiguar todos os detalhes”, disse.

Alta no preço

A última pesquisa comparativa realizada pelo Procon-JP no dia 19 de setembro encontrou o menor preço da gasolina a R$ 4,349, quando no dia 9 estava registrado em R$ 4,099. “Apesar dos últimos aumentos, o preço do combustível em João Pessoa ainda é um dos menores entre as capitais, por isso é importante monitorarmos para evitar que haja uma disparada. Até porque o preço atual já está bem salgado e pesando desfavoravelmente no bolso do consumidor”, disse o titular do Procon-JP.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.