Vida Urbana

Tempo de planejar e cumprir

Chegada do novo ano estimula a reflexão e proporciona uma nova oportunidade para recomeçar, alimentando esperanças.



Rizemberg Felipe
Rizemberg Felipe
Leilyene Amaranto celebra todas as conquistas de 2012

“Bendito quem inventou o belo truque do calendário, pois o bom da segunda-feira, do dia 1º do mês e de cada ano novo é que nos dão a impressão de que a vida não continua, mas apenas recomeça”. A frase do poeta Mário Quintana revela o sentimento de todos que enxergam a chegada do novo ano como um tempo de oportunidades para realizar novos planos.

É sempre assim. Passados os 12 meses, começa o momento de reflexão, onde se pensa no que fez nesse período e metas que deixou de cumprir, tanto por falta de dedicação ou por fatores que não dependiam diretamente de você. Com o ano vindouro, também é chegada uma nova oportunidade de recomeçar, mas para isso é preciso planejar e uma boa dica para não se perder dos objetivos é preparar a famosa ‘listinha de Ano Novo’.

Aproveite a sensação do novo que alimenta a esperança para elencar as suas metas para 2013. Por outro lado, esse também é um momento de festejar as vitórias alcançadas ao longo de 2012, como a química Leilyene Amaranto, 30 anos, que comemora a realização das metas traçadas na virada do ano.

Como muitas mulheres, que quer sempre estar com o corpinho em forma, Leilyene conta que uma das principais metas era perder peso, o que só foi possível durante a gravidez. Isso mesmo. Apesar de ser sabido que na gestação toda mulher ganha peso, ela conseguiu emagrecer. “Foi a concretização de dois planos de uma só vez. Um perder peso e o outro, que não dá para dimensionar a felicidade, a gravidez”, relata.

O fato de se sentir incomodada com os ‘quilinhos’ a mais, nunca foi motivo suficiente para investir na dieta, mas pelo amor ao pequeno Davi Lucas, que ainda está na barriga, Leilyene encontrou forças para buscar mais saúde e bem- estar, que consequentemente refletiriam no filho. “Antes eu me alimentava muito mal, comia bastante besteiras, como frituras e massas. Na gravidez reeduquei minha alimentação, reduzindo as ‘guloseimas’ e inserido alimentos mais saudáveis, o que contribuiu para perder peso quando geralmente se ganha”, brinca.

As metas alcançadas pela química não param por aí. Ela acrescenta que em 2012 pôde realizar mais dois desejos, o de ser aprovada em concurso público e o outro de ascensão acadêmica.

Formada nos cursos de Química Industrial e Licenciatura em Química, ambos pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Leilyene chegou a ministrar aula em escolas públicas da rede municipal e a trabalhar em indústrias, mas esses locais não eram o foco de atuação.

Determinada a ser funcionária pública, Leilyene Amaranto se dedicou aos estudos que foram decisivos para a aprovação no cargo de assistente de laboratório, na UFPB. Após a convocação, ela declara que organizou os horários e ingressou na pós-graduação. “Com o emprego assegurado, fiquei mais tranquila e pude me reorganizar para então fazer especialização em Gestão e Avaliação de Ensino Superior. Isso tem sido gratificante e ao mesmo tempo nos estimula a traçar novas metas a serem alcançadas. Só posso dizer que 2012 foi ‘O Ano’ pra mim”, afirma cheia de satisfação.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.