Vida Urbana

Taxa extra na conta de luz deve aumentar em novembro, conforme Aneel

A bandeira tarifária, que está na cor amarela, irá passar para a cor vermelha patamar 1.




Cobrança será aplicada pelas mudanças climáticas características ao mês de novembro, conforme Aneel.

A taxa extra cobrada na conta de luz vai aumentar em novembro, de acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Atualmente a bandeira tarifária está na cor amarela, e no próximo mês, conforme a decisão da Agência, divulgada nesta sexta-feira (25), passará para a cor vermelha no patamar 1.

Na prática, a mudança significa um aumento de R$ 1,50 para R$ 4,16 na cobrança extra cobrada a cada 100 quilowatts-hora consumidos (kWh).  Segundo a Aneel, a alta na cobrança será aplicada devido às características climáticas contrárias à normalidade dos custos de geração de energia, observadas no mês de novembro. 

“A previsão hidrológica para o mês também aponta vazões afluentes aos principais reservatórios abaixo da média, o que repercute diretamente na capacidade de produção das hidrelétricas”, informou a agência. O arredondamento dos valores propostos pela Aneel vinha sendo questionado pela Comissão de Minas e Energia, da Câmara dos Deputados.

A Agência ainda abriu uma consulta pública para tentar acabar com o arredondamento nos valores das bandeiras tarifárias. A proposta entra em vigor em novembro, e de acordo com ela, foram definidos os seguintes valores:

  • bandeira amarela: mudou de R$ 1,50 R$ 1,34 a cada 100 kWh consumidos;
  • bandeira vermelha patamar 1: mudou de R$ 4 para R$ 4,16 a cada 100 kWh consumidos;
  • bandeira vermelha patamar 2: mudou de R$ 6 para R$ 6,24 a cada 100 kWh consumidos.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.