Vida Urbana

Sítio São João começará a receber visitas

Réplica com diversos ambientes típicos ficará aberta para visitação mesmo após o período junino; visitas começam nesta sexta-feira (2).




A cultura nordestina será representada em mais um ano não só durante o Maior São João do Mundo de Campina Grande, mas ao longo de todo 2012. Essa é a proposta do Sítio São João, localizado na Avenida Manoel Tavares, local que reúne elementos típicos da região nordestina com casa de ferreiro, engenho, casa de farinha, budega, forno de rapadura, capela, difusora, tipografia de cordel, além de ambiente para apresentações culturais de música e dança que foi lançado na manhã de ontem.

Além desses ambientes típicos que estarão disponíveis à visitação do público a partir da próxima sexta-feira, os visitantes poderão conferir mais de 90 atrações artísticas entre trios de forró, bandas de pífano, emboladores, repentistas e violeiros.

Segundo João Dantas, idealizador do Sítio São João, a paixão de manter essa atração aparte do São João de Campina Grande, que é o sítio, é o combustível para que todos os anos o local seja visitado por mais de 100 mil pessoas.

“Podemos dizer que essa atração que é o Sítio São João é uma saga nordestina que compensa todas as dificuldades que temos para manter essas portas abertas. Nossa paixão em reviver épocas passadas é o combustível para todos os anos mantermos o sítio aberto. Existe uma geração que não sabe o que é uma casa de ferreiro, só ouviu falar em máquina de fotografia lambe-lambe, e muitos outros objetos que chegam a ser milenares”, destacou João Dantas.

Ao longo dos 30 dias do São João realizado no Parque no Povo, o Sítio estará aberto das 10h até as 22h, com cerca de 100 funcionários distribuídos em atividades como manter a segurança, dar opção gastronômica, explicações históricas e é claro, contar muitas histórias que remetem ao imaginário nordestino.

“Aqui nós recebemos milhares de visitantes. Só no ano passado foram mais de 140 mil, e queremos superar esse ano. Por isso iremos oferecer um local propício para as pessoas reviverem suas histórias do passado e, é claro, aproveitar essa áurea que o Sítio São João tem”, acrescentou Dantas.

A proposta de manter o local aberto durante o restante do ano foi mantida pelo idealizar pela procura de escolas da rede municipal e estadual que pretendem realizar aulas externas no Sítio para aproveitar os elementos históricos da reprodução sertaneja.

Essas aulas poderão ser realizadas todas as sextas-feiras após o São João. Contudo, o Sítio São João também se manterá aberto nos sábados e domingos para os turistas. Após o Maior São João do Mundo, o horário de visitação será das 11h às 20h.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.