Vida Urbana

Sindicato dos Bancários atrasa atendimento na Caixa nesta 6ª

Bancários de João Pessoa vão retardar em uma hora a abertura das agências da Caixa na grande João Pessoa.




Da Redação

Os bancários de João Pessoa vão nesta sexta-feira (13) retardar em uma hora a abertura do expediente ao público nas agências da Caixa Econômica Federal. A partir das nove horas, a diretoria do Sindicato dos Bancários vai realizar um ato público em frente à Agência Cabo Branco para chamar a atenção da população pessoense sobre o caos vivido no sistema bancário, repetindo o que já aconteceu na quarta-feira nas agências do Banco do Brasil.

A paralisação é um protesto contra a rejeição da maioria das reivindicações apresentadas à direção da instituição, referentes à contraproposta dos empregados sobre o Plano de Cargos e Salários (PCS) e por melhores condições de trabalho.

Na campanha salarial de 2007, a Caixa se comprometeu fazer a unificação das tabelas do PCS e contratar 3.000 funcionários até dezembro. Entretanto, além de não contratar os funcionários, apresentou uma proposta de PCS que não agradou os empregados. Em resposta, os empregados elaboraram uma contraproposta que foi rejeitada em quase sua totalidade pelos representantes do banco, na negociação do dia 5 de junho.

Entre os avanços, a instituição concordou em reduzir o número de níveis da tabela – a proposta da empresa tem 72 níveis e os empregados defendem 36. Além disso, o banco confirmou que aceita as regras propostas pelos trabalhadores paras as promoções por merecimento e a inclusão dos Técnicos Bancários Superiores (TBS) no novo PCS.

No entanto, a direção da Caixa insiste na vinculação do Plano de Cargos e Salários aos planos de benefícios da Funcef (Fundação dos Economiários Federais), o fundo de pensão dos funcionários da Caixa, negando a migração para a nova tabela aos bancários que estiverem no Reg/Replan não saldado. "Os empregados da Caixa não podem nem devem aceitar essa condição discriminatória e absurda”, afirma o presidente licenciado do Sindicato dos Bancários e funcionário da Caixa, Lucius Fabiani.

A próxima rodada de negociação com os representantes da Caixa está agendada para a próxima terça-feira (18), em São Paulo. Caso não haja novos avanços, os empregados realizam assembléias em todo o país, no dia 26 de junho, para eleger os delegados à plenária nacional.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.