Vida Urbana

SES apresenta plano de vacinação contra Covid-19 para instituições de saúde da PB

Versão preliminar do documento considera questões como armazenamento e distribuição prioritária da vacina




Foto: REUTERS/Dado Ruvic

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) apesentou nesta sexta-feira (18) o plano de vacinação contra o novo coronavírus à representantes de vários órgãos de saúde. O documento apresentado pelo Estado é uma versão preliminar embasada no plano nacional de vacinação, divulgado pelo Ministério da Saúde na última quarta-feira (16), e a íntegra, no entanto, não foi divulgada à imprensa.

De acordo com a SES, o documento objetiva estabelecer ações e estratégias para a vacinação contra a Covid-19 na Paraíba. O plano estadual de vacinação foi apresentado a representantes do Conselho de Secretários Municipais de Saúde da Paraíba (Cosems), do Conselho Estadual de Saúde (CES) e da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm).

O chefe do Núcleo de Imunização da SES, Isiane Queiroga, explicou que o planejamento considera as vacinas em fases mais avançadas, ou seja, na 3ª fase, mais próximas da aprovação da Anvisa. No entanto, outras vacinas podem ser incluídas na versão final do documento.

O plano aborda pontos como a definição de grupos prioritários, operacionalização da vacina, logística da distribuição, medidas para vacinação segura e orientação da vigilância dos possíveis eventos adversos da vacina são alguns dos pontos abordados pelo plano.

“Estamos trabalhando na ampliação de nossa Rede de Frio para aperfeiçoar a capacidade da Central Estadual e das Centrais Regionais de armazenar as vacinas. Inclusive, estamos nos preparando também para receber a vacina que não tem as mesmas especificidades das nossas de rotina. O nosso plano contempla isso, os pontos que precisam ser discutidos, implantados e implementados nos serviços estaduais para que a gente possa receber essa vacina específica”, pontua Isiane Queiroga.

A Rede de Frio Estadual também está descrita no documento. Ao todo, segundo a SES, a Paraíba possui cerca de mil salas de vacinação, responsáveis pelas ações de imunização do estado. A rede de frio está equipada com sala de preparo climatizada, almoxarifado, doca de carga e descarga, câmara frigorífica capaz de armazenar entre 280 e 330 mil ampolas de vacinas.

Há, ainda, estrutura adequada para armazenamento congelamento de bobinas reutilizáveis, e de imunobiológicos na temperatura positiva entre +2º C e +8º C, bem como freezers convencionais para armazenamento de vacinas negativas nas temperaturas entre -25º C e -15º C.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.