Vida Urbana

Serrotão transfere 43 presos para o PB1, na capital

Motivo seria reforma nas celas onde esses detentos se encontram. Logo após, eles retornam para CG.  



Divulgação/Jackson Rondineli
Divulgação/Jackson Rondineli
Lar do Garoto registrou um tumulto na manhã de hoje, durante jogo de futebol

 

A Penitenciária Padrão do Serrotão, em Campina Grande, transferiu 43 presos na tarde de ontem (16) para o Presídio PB1, em João Pessoa. O motivo seria a reforma de três celas, e, segundo o diretor do Serrotão, Alexandre Gomes, logo após a conclusão das obras eles retornam. Dentre os presos transferidos está Nelsivan Marques, acusado de planejar o assassinato do casal de empresários Washington Menezes e Lúcia Sant’ana no dia do seu casamento em 2014.

 

Alexandre Gomes explicou que esses 43 presos estão detidos em celas de segurança por terem praticados crimes que causam conflito de convívio dentro do presídio. “Já a reforma nas demais celas não vai precisar transferir os presos, apenas fazer um remanejamento”, ressaltou. A Penitenciária Padrão do Serrotão tem atualmente 645 presos.

Tumulto

Os adolescentes interno do Lar do Garoto Padre Otávio Santos, em Lagoa Seca, promoveram um tumulto na manhã de hoje (17) durante um jogo de futebol. A direção informou que a briga já foi controlada e foi causada por discussão entre dois internos.

 
 

 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.