Vida Urbana

Segurança policial é reforçada em São Bento após incêndios em veículos

Medida foi tomada após reunião convocada pelo Ministério Público.




Veículos queimados no pátio do Fórum Judicial – Foto: Polícia Civil

O comandante da 3ª Companhia da Polícia Militar de São Bento, Major Esaú de Lucena, informou nesta sexta-feira (16) que o policiamento na cidade foi reforçado depois dos casos de incêndio no início desta semana na cidade. A medida divulgada pelo comandante foi definida após uma reunião convocada pelo Ministério Público da Paraíba, entre os órgãos de segurança da cidade, ocorrida na quarta-feira (14).

“Houve o reforço policial na área da cidade de São Bento, mas a quantidade de equipes em atuação não será divulgada. Iremos trabalhar de forma estratégica, uma vez que quando se informa o processo do trabalho de segurança, os criminosos se articulam de forma diferente para atacar. O objetivo imediato da polícia é restabelecer o clima de tranquilidade para população. As rondas durante o período noturno também estão sendo reforçadas na cidade e outras ações vão ser desenvolvidas nos próximos dias”, disse o comandante.

Ainda de acordo com Major Esaú de Lucena, a Polícia Militar também está auxiliando o trabalho de investigação da Polícia Civil em relação aos casos de incêndio em veículos na cidade. “O núcleo de inteligência da Polícia Militar está contribuindo para o processo de investigação dos casos de incêndio, sobretudo, o último que aconteceu ao lado do fórum, uma vez que existe uma suspeita criminosa”, concluiu Major Esaú de Lucena.

Incêndio

Ônibus escolares destruídos após o incêndio – Foto: Prefeitura de São Bento.

O primeiro incêndio em São Bento ocorreu na madrugada da terça-feira (13) no pátio da Secretaria de Infraestrutura do município, destruindo cinco ônibus escolares. Devido a destruição dos veículos, a Secretaria de Educação suspendeu às aulas para 150 estudantes da rede municipal de ensino, que dependem dos transportes para chegar nas escolas.

Menos de 24 horas após o caso, um novo  incêndio foi registrado na cidade, na madrugada da quarta-feira (14), desta vez no estacionamento do Fórum de Justiça. Pelo menos cinco veículos foram totalmente destruído pelo fogo.

Investigação

De acordo com Sílvia Alencar, delegada da Polícia Civil, a suspeita é que o incêndio registrado na madrugada da quarta-feira no pátio do Fórum Judicial tenha sido criminoso, uma vez que os veículos estavam no local sem funcionar há bastante tempo, não existindo em princípio nenhum indício para situação. “A suspeita criminosa continua sendo investigada, inclusive, a polícia já analisou algumas imagens de câmeras próxima do prédio do fórum, mas até o momento não conseguimos ainda identificar como aconteceu o incêndio”, comentou.

A delegada revelou também que o laudo da perícia deve ficar pronto nos próximos trinta dias. Em relação ao incêndio da madrugada da terça-feira (13), que destruiu os ônibus escolares, Sílvia Alencar explicou que não foi encontrado nenhum indício de ação criminosa no local. “A equipe da perícia esteve na garagem depois do incêndio, mas não encontrou nenhum indício de ação criminosa. A única informação  até o momento é que um dos ônibus rodou parte de seu percurso com o pneu furado e chegou na garagem com a borracha muito quente, o que pode ter provocado a situação, mas não há como afirmar isso de forma concreta”, ressaltou.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.