Vida Urbana

Romaria da Penha: veja esquema de mobilidade e segurança para caminhada

Caminhada até o Santuário da Penha será realizado na noite deste sábado.




Foto: Rafael Passos

Os devotos de Nossa Senhora participam neste sábado (20) de uma caminhada ao Santuário da Penha, em João Pessoa. A previsão dos organizadores é que cerca de 500 mil fiéis participem da tradicional Romaria da Penha, que completa este ano 256 anos de realização. Para facilitar a mobilidade e assegurar que o traslado dos participantes ocorra em segurança, os órgãos competentes elaboraram um esquema especial que contará com a participação de mais de 2 mil profissionais. Confira:

Mobilidade urbana

A Romaria da Penha tem um percurso de 14 quilômetros que se inicia na Igreja de Lourdes, na Avenida João Machado, e segue pela Avenida Dom Pedro II, Via Expressa Padre Zé (UFPB), principal dos Bancários, Rua Santa Bárbara e Avenida Hilton Souto Maior, a partir do Shopping Mangabeira, até a Penha.

A Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob-JP) elaborou um plano de transporte e trânsito a ser executado neste sábado e nas primeiras horas do domingo (24) durante a Romaria de Nossa Senhora da Penha.

No Centro, os agentes de mobilidade interditarão, a partir das 13h, uma faixa da Rua Nina Lima, no sentido Cemitério Senhor da Boa Sentença, para a montagem de um palco. A partir das 16h, haverá interdição parcial de um trecho da Avenida João Machado, entre a Rua das Trincheiras e a Avenida Tabajaras.

A circulação será impedida em uma das faixas no sentido Centro/bairros, permitindo o posicionamento dos trios elétricos. O aumento na aglomeração de fiéis implicará no avanço dos bloqueios, levando a uma interdição total da Avenida, a partir das 21h.

Bloqueios – Ao longo do roteiro até o Santuário, haverá bloqueios em diversas vias cujos sentidos são direcionados à rota do percurso. Isso deve evitar congestionamentos e riscos aos romeiros. Os motoristas serão orientados pelos agentes no local, mas há rotas indicadas para dois pontos específicos, pois deverão ser interditados ainda durante a tarde.

Um deles é a intersecção entre as avenidas Diogo Velho e João Machado. Com o seu fechamento, os veículos que saem do Centro com destino a Cruz das Armas deverão seguir pela Rua Desembargador José Peregrino e cruzar a Rodrigues de Aquino, indo até a Rua Nina Lima, que permite o retorno às Trincheiras.

O segundo ponto é o cruzamento entre as avenidas João Machado e Tabajaras. Após o seu bloqueio, os veículos que vêm da Vasco da Gama em direção ao Centro, deverão seguir pelas ruas Capitão José Pessoa, Rodrigues de Aquino, Irineu Joffiliy, Rodrigues Chaves e Nina Lima, até a cidade baixa, ou em frente, indo à Praça Venâncio Neiva.

O Santuário da Penha estará totalmente interditado a partir das 7h do sábado (23). Será permitida apenas a circulação de veículos que contarem com o adesivo de permissão de acesso.

Transporte – Os fiéis que pretendem voltar para casa utilizando o transporte coletivo urbano vão contar com uma frota de 130 ônibus que circularão a partir das 4h saindo da entrada da Penha, na PB-008. Serão 60 veículos da Transnacional, que farão rotas para Mangabeira e Centro, e 70 da Marcos da Silva, que irão até o Terminal de Integração do Varadouro (TIV) pelas avenidas Beira Rio e Epitácio Pessoa.

Os ônibus ficarão estacionados na PB-008, próximos do posto de combustíveis “Federal”.  Os pontos de táxi também estarão na rodovia estadual, situados à direita do posto, no sentido Estação Ciências.

As linhas do Tetéu estarão operando normalmente durante toda a madrugada do domingo. Equipes da Seção de Fiscalização de Transporte Público (SEFTP) vão controlar a saída dos veículos, bem como o embarque e desembarque de passageiros.

Segurança

Aproximadamente 1.500 homens e mulheres da Polícia Militar, da Polícia Civil, do Corpo de Bombeiros Militar e de outros órgãos que compõem o Sistema de Segurança nas esferas estadual e municipal irão atuar durante a 256ª Romaria de Nossa Senhora da Penha.

A PM montou um esquema especial de segurança com 829 policiais militares e 108 viaturas atuando ao longo do trajeto e no entorno dele. A movimentação dos participantes será monitorada por câmeras e a corporação também usará drones para auxiliar o trabalho dos policiais. O policiamento estará atuando desde o início da noite, para garantir a segurança dos participantes desde a saída de casa, com reforço nos pontos do ônibus e em locais estratégicos. Ao longo do percurso, a PM estará ainda com 15 Pontos de Observação Policial (POP), duas plataformas e também de disciplinadores de público. A passarela da Avenida Dom Pedro II será interditada com a presença dos policiais do Canil.

O Corpo de Bombeiros Militar estará presente na Romaria da Penha com um efetivo de 238 homens e mulheres, 28 viaturas, 13 postos operacionais e dois postos de guarda-vidas, uma embarcação e sistema de monitoramento com drone, para atuar no combate a incêndios, atendimentos pré-hospitalares, buscas e salvamentos, além de prevenções aquáticas e vistorias técnicas.

A Polícia Civil vai garantir reforço com plantão na 9ª Delegacia Distrital, no bairro de Mangabeira, que será responsável por todos os procedimentos ocorridos durante o evento. Além disso, estarão funcionando normalmente o plantão da Central de Polícia, no bairro do Geisel, para procedimentos em geral e a 12ª Delegacia Distrital, em Manaíra, para registro de Boletim de Ocorrência (BO).

As Delegacias da Infância e Juventude, de Atendimento Especializado a Mulher e de Crimes contra a Pessoa também estarão atuando normalmente, em regime de plantão. Ao todo, 20 policiais civis serão escalados a mais para trabalhar no dia do evento, com oito viaturas.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), que também participou da coletiva, vai empregar um efetivo de 30 policiais e quatro viaturas, garantindo a segurança viária na BR-230 e nas alças do viaduto da Universidade Federal da Paraíba, atuando de maneira integrada com a Semob no fechamento e liberação das alças e evitando o acúmulo de pessoas na parte superior do viaduto. O Poder Judiciário será outra instituição a participar do evento, com 30 pessoas responsáveis pela proteção de crianças e adolescentes.

O Samu contará com 12 profissionais atuando exclusivamente no percurso da romaria e a Guarda Municipal da capital vai atuar com 150 homens e mulheres.

Confira a programação religiosa:

Sábado (23) 

15h: Louvor e Recitação do Terço.

17h: Carreata de Nossa Senhora da Penha conduzindo a imagem até à Igreja de N. Sra. De Lourdes, de onde sai a Romaria.

22h: Romaria da Penha

23h: Louvor No Santuário da Penha.

Madrugada de sábado para domingo (24).

02h00: Acolhimento aos Romeiros no campo

03h30 Previsão da chegada da Imagem no Santuário. Missa Campal.

Celebrante Dom Manoel Delson (Arcebispo da Paraíba)

 

Domingo

Solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo Rei

TEMA: Senhora da Penha, roga por teus filhos e filhas para que sejamos missionários da alegria e da paz.

10h00: Celebração Eucarística

Celebrante: Monsenhor Nereudo Freire (Reitor do Santuário da Penha)


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.