Vida Urbana

Reparos em buraco na BR-230 geram congestionamento de quase 7 km

As obras de reparo foram necessárias porque a camada superficial do asfalto colocada no local soltou devido às chuvas registradas durante a noite.



Francisco França
Francisco França

Pelo menos sete quilômetros de congestionamento. Esse é o tamanho do transtorno que está sendo ocasionado pelas obras de reparo do buraco que se abriu no asfalto do km 15 da  BR-230 na manhã da terça-feira (28). De acordo com o policial rodoviário federal Alessandro Sales, a interdição de um trecho da rodovia teve início por volta das 9h, desta quarta-feira (29), porém o trânsito está fluindo, só que lentamente. As obras de reparo foram necessárias porque a camada superficial do asfalto colocada no local soltou devido às chuvas registradas durante a noite.

“O cimento asfáltico soltou, então viemos interditar para garantir a segurança, evitar acidentes e, por isso, os motoristas estão transitando apenas por uma faixa. O solo não cedeu, nem chegou a ocasionar acidentes. O único transtorno mesmo é essa interdição, que está ocasionando um congestionamento que vai até, mais ou menos, a Praia do Poço. Uma média de 7km de engarrafamento”, comentou, revelando, ainda, que algumas multas estão sendo aplicadas devido a infrações de trânsito observadas, como motoristas falando ao telefone, filmando ou fotografando o local e, ainda, casos de não uso do cinto de segurança.

Segundo o proprietário da Shalom Engenharia, Luis Santiago, responsável pela recuperação, durante todo o dia de ontem os trabalhos se concentraram na construção de um muro de arrimo, na compactação do solo e colocação do asfalto. Ontem, pela praticidade, optou-se pelo asfalto a frio, que não é resistente à chuva, mas que geralmente é compactado pela passagem dos carros. Contudo as chuvas impossibilitaram que isso acontecesse.

“Essa modificação pelo asfalto a quente poderia não ser necessária e como não tivemos acesso a esse material, porque a usina não funcionou ontem, optamos por colocar o asfalto a frio, porque era mais prático e precisávamos liberar o trânsito. Hoje detectamos que estava soltando, devido à chuva, então viemos novamente, para evitar que ocorra algum acidente, e estamos substituindo essa camada superficial”, explicou. Conforme Santiago, a previsão é de que os trabalhos estejam concluídos até as 15h.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.