Vida Urbana

Rede Paraíba conquista nove troféus no Prêmio Criança.PB de Jornalismo

O Jornal da Paraíba conquistou, ao todo, cinco trabalhos nas categorias internet, impresso e fotojornalismo. 



Divulgação
Divulgação
Equipe vencedora: Jornalistas premiados no V Prêmio Criança.PB de Jornalismo

 A noite de quarta-feira (17) foi de comemoração para profissionais da Rede Paraíba de Comunicação durante a entrega do V Prêmio Criança.PB de Jornalismo, promovido pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano (SEDH). O Jornal da Paraíba conquistou o 1º e 2º lugares na categoria internet, 1º lugar na categoria impresso, 2º e 3º em fotojornalismo. A CBN levou os 1º e 2º lugares no radiojornalismo. A TV Cabo Branco garantiu a 3ª colocação na categoria telejornalismo e o G1 ficou em 3º na categoria internet.

Na internet, o primeiro lugar ficou com a reportagem ‘Infância roubada: quando o abuso sexual vem de dentro de casa’, assinada pela repórter Valéria Sinésio. A matéria traz relatos de vítimas de abuso sexual que, por medo ou vergonha, silenciaram o crime por anos. O segundo lugar da categoria internet teve como premiada a reportagem ‘Capoeira transforma a realidade social de crianças e jovens‘, de autoria dos repórteres Phillipe Xavier e Expedito Madruga. O trabalho conta a história de um projeto social de fortalecimento da cultura afro e que atende crianças e adolescentes de comunidades carentes de João Pessoa. O 3º lugar foi foi para André Resende, do G1, com a matéria ‘Mãe de jovem apreendido na PB relata aliciamento por facções criminosas’.
 
Na categoria jornalismo impresso o Jornal da Paraíba conquistou a primeira colocação com a reportagem ‘Invisíveis do ECA’, assinada pela repórter Katiana Ramos. Em fotojornalismo os vencedores foram os fotógrafos Francisco França, premiado em 2º lugar, e Rizemberg Felipe, em 3º. A estagiária Andrêza Andrade, do Jornal da Paraíba online, também foi premiada na categoria universitária, com o troféu do 1º lugar, com o trabalho ‘Vidas acolhidas’, que trata de crianças abandonadas pela família e que vivem em lares de acolhimento.
 
 Foto premiada do repórter fotográfico Rizemberg Felipe que levou o 3º lugar na categoria fotojornalismo
 
A Rádio CBN conquistou os 1º e 2º lugares do prêmio com os trabalhos dos repórteres Hebert Araújo e Marcelo Andrade, respectivamente. A TV Cabo Branco garantiu o 3º lugar com reportagem de Laerte Cerqueira.
 
A estagiária Andrêza Andrade no Portal do Jornal da Paraíba foi premiada na categoria trabalho universitário
 
 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.