Vida Urbana

Radialista esportivo morre vítima de Covid-19 em João Pessoa

Internado em João Pessoa, o radialista não resistiu às complicações em decorrência do novo coronavírus. Muito respeitado no meio esportivo, ele cobriu quatro Copas do Mundo




Foto: Rádio Tabajara/Divulgação

Cronista esportivo muito respeitado no meio futebolístico da Paraíba, João de Souza Sobrinho morreu nesse domingo em decorrência de complicações provocadas pela Covid-19. O radialista tinha 73 anos e estava internado em um hospital público de João Pessoa. Ele vinha lutando contra o novo coronavírus nas últimas semanas, mas a doença deixou sequelas irreversíveis em seus pulmões. Ao longo da carreira, João se destacou, chegando a cobrir quatro edições de Copa do Mundo.

João de Souza Sobrinho era paraibano e trabalhou por 20 anos na Rádio Tabajara, do Governo do Estado. Foi no veículo de comunicação que ele mais brilhou na carreira, chegando ao cargo de chefia do Departamento de Esportes. Além disso, representou o estado em quatro coberturas de Copa do Mundo: México (1986), Itália (1990), Estados Unidos (1994) e França (1998), além de em cinco finais de Libertadores. Ele também estava no Maracanã no dia 6 de março de 1980, quando o Botafogo-PB derrotou o Flamengo de Zico pelo placar de 2 a 1, num dos maiores feitos do futebol local.

Na imprensa paraibana, João de Souza também presidiu a Associação dos Cronistas Esportivos da Paraíba (Acep).


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.