Vida Urbana

Quantidade de idosos circulando em ônibus de Campina Grande bate recorde após feriadão, diz STTP

Somente na sexta (5), mais de 4 mil idosos utilizaram o transporte público; Número é o maior em mais de dois meses.




A quantidade de idosos que circularam por Campina Grande em ônibus do transporte público da cidade, mesmo durante a pandemia, voltou a crescer após o feriadão prolongado estabelecido pela prefeitura na última semana. Segundo levantamento da Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP) do município, 4.064 idosos fizeram uso de transporte público para se deslocar em um único dia, na sexta-feira (5).

Conforme o levantamento da STTP, a quantidade de idosos que utilizaram o sistema de transporte público em Campina Grande na sexta (5) é a maior dos últimos 83 dias, ou seja, é o maior percentual já registrado desde o início da pandemia do novo coronavírus na Paraíba. Os idosos formam um dos grupos de risco para Covid-19, e conforme da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Campina Grande contabiliza 2.171 casos da doença.

Os dados da STTP também dão conta que mais de 174 mil viagens de pessoas idosos foram registradas nos ônibus durante o período em que a frota dos transportes está operando com 30% de sua capacidade total, em decorrência da pandemia de Covid-19. A quantidade de pessoas idosas transportadas apenas na sexta (5) equivale a 19,69% do percentual total de viagens, e considerando os últimos 84 dias, a porcentagem de idosos utilizando o serviço fica em 14,75%.

 O serviço de transporte público de Campina Grande foi paralisado do dia 30 de maio a 3 de junho, por conta do decreto municipal que antecipou três feriados para tentar conter a curva de contágio pelo novo coronavírus na cidade. Após o ‘feriadão’, as empresas que operam no setor decidiram paralisar as atividades a partir da quinta (4), alegando dificuldades financeiras. Mas, no mesmo dia os empresários voltaram atrás, e os ônibus voltaram a circular com 30% da capacidade total na sexta-feira (5).


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.