Vida Urbana

Projeto prevê permuta de terrenos

Iphan é o órgão com maior número de determinações expedidas pela liminar judicial que prevê mudanças no Polígono do Almagre.




O Iphan é o órgão com maior número de determinações expedidas pela liminar judicial que prevê mudanças no Polígono do Almagre. No total foram quatro deferimentos expedidos ao órgão, que, até agora, não deu início as ações concretas de demolição ou procedimentos administrativos contra os proprietários de terra da região.

O superintendente do Iphan explicou que as ações estão em fase inicial, mas acredita em acordo com os proprietários de terra do Almagre. “Aprovamos um Plano de Ações que será iniciado ano que vem e começamos a traçar um projeto de monitoramento da região. Estamos dialogando com os proprietários de terra e com o MPF, na tentativa de inserir os lotes dentro do Sítio Histórico das Ruínas do Almagre”, contou Cléber Moreira.

No projeto do Sítio, se concretizado, os donos de terra cederiam suas propriedades, através da permuta de terreno, e uma área próxima ao Sítio, que não oferece risco de degradação a Igreja do Almagre, seria liberada para a construção dessas residências.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.