Vida Urbana

Projeto de algodão agroecológico da Paraíba é 1º lugar em prêmio da Fundação BB

A Rede Borborema de Agroecologia atualmente já tem 34 agricultores familiares certificados




Foto: divulgação

O projeto de algodão agroecológico desenvolvido no Assentamento Queimadas, em Remígio, no Agreste da Paraíba, tirou primeiro lugar no Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social 2019. A iniciativa ‘Algodão Agroecológico Gerando Renda e Conhecimento no Curimataú Paraibano’ disputou na categoria Gestão Comunitária e Algodão Agroecológico e vai receber um prêmio de R$ 50 mil. A premiação ocorreu na noite desta quarta-feira (16), em cerimônia em Brasília.

Os produtores de algodão do assentamento Queimadas começaram o manejo do algodão agroecológico em 2006, com o surgimento do Projeto Escola Participativa do Algodão Agroecológico, através do apoio técnico da Arribaçã. Já em 2012 os produtores começaram a passar por problemas por causa da demora no pagamento da produção, pelo fato de que o processo de certificação por auditoria se tornou inviável.

Dessa forma decidiram se organizar em um Organismo Participativo de Aceitação e Conformidade (OPAC), denominado Rede Borborema de Agroecologia, para certificar a produção agroecológica e garantir sua comercialização. Os agricultores são certificados como produtores orgânicos. A Rede Borborema de Agroecologia atualmente está com 34 agricultores familiares certificados e com 5 grupos de produção.

Segundo os representantes da organização, os recursos do prêmio serão utilizados para se compor uma equipe para prestar acompanhamento às ações da Rede Borborema de Agroecologia, onde se faz necessária à composição de uma equipe que possa estar em campo com condições para prestar assessoria para a RBA com material adequado e que a anime a produção de algodão agroecológico e promova o desenvolvimento local. Essa equipe pode ser composta de duas pessoas, sendo uma ligada à parte administrativa e outra ao trabalho de campo.

Com muita Alegria e emoção anunciamos que somos vencedores no Primeiro Lugar do Prêmio Fundação Banco do Brasil de…

Publicado por Arribaçã em Quarta-feira, 16 de outubro de 2019


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.