Vida Urbana

Profissionais da Saúde e da Segurança Pública da PB com sintomas de Covid-19 vão fazer testes

Medida foi anunciada em uma transmissão ao vivo nas redes sociais da Secretaria de Estado da Saúde (SES), no início da noite desta quinta-feira (2).




Foto: Marco Santos/Governo do Pará

Profissionais que atuam nas áreas da Saúde e da Segurança Pública da Paraíba, e que apresentaram sintomas de infecção pelo novo coronavírus, serão submetidos a testes rápidos que detectam o vírus no organismo humano, a partir do próximo dia 7 de abril. A medida foi anunciada em uma transmissão ao vivo nas redes sociais da Secretaria de Estado da Saúde (SES), no início da noite desta quinta-feira (2).

De acordo com os secretários, profissionais que se enquadrem nos dois grupos prioritários (saúde e segurança), e que apresentaram sintomatologia de infecção pelo novo coronavírus a partir da última terça-feira, 31 de março, serão submetidos aos testes rápidos. Esse prazo é considerado pela necessidade de testagem apenas entre o 7º e o 10º dia após apresentação de sintoma, já que a Covid-19 pode não se manifestar nos primeiros dias de infecção.

Esses profissionais deverão se cadastrar por meio de um formulário, que será disponibilizado no site da Secretaria de Saúde no próximo sábado (4), e serão submetidos aos testes em postos de coleta instalados nas macrorregiões de saúde, ou seja, em João Pessoa, Campina Grande, Patos e Sousa. Após realizarem o exame, os profissionais que testarem negativo poderão retornar aos postos de trabalho, e os que testarem positivo, seguirão recomendações médicas específicas.

De acordo com a SES, 30 mil testes rápidos devem chegar à Paraíba na próxima semana, 170 na seguinte, e assim por diante, em conformidade com a demanda do Ministério da Saúde. Ainda segundo a SES, pessoas que se enquadrem nos grupos de risco por problemas respiratórios também serão testados, após os profissionais da saúde e segurança.

 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.