Vida Urbana

Procon-JP inicia agendamento por telefone para retorno de atendimentos presenciais

A partir de setembro, o órgão disponibilizará WhatsApp e e-mail para agendamentos de atendimento presencial.




Procon-JP inicia agendamento por telefone para retorno de atendimentos presenciais. Foto: Gilberto Firmino/Secom-JP

O Procon-JP está retomando os atendimentos aos consumidores de forma presencial, seguindo as recomendações das autoridades sanitárias e de saúde, devido à pandemia provocada pelo novo coronavírus. Os agendamentos ao órgão serão feitos exclusivamente pelo telefone (83) 3218-5720, no horário entre 8h e 17h. O número 0800 083 2015 continuará atendendo, mas apenas como canal para dúvidas e informações.

O primeiro contato telefônico servirá para que os consumidores agendem atendimentos, promovam reclamações ou encaminhem alguma demanda referente aos setores da fiscalização ou da consultoria jurídica, para que as providências sejam tomadas para sanar o problema.

O 0800 do Procon-JP será o canal onde o cidadão poderá tirar dúvidas e receber orientação sobre a legislação que assegura seus direitos enquanto consumidor, bem como encaminhando as reclamações para o setor de fiscalização para este realize as inspeções necessárias.

A partir de setembro, o Procon-JP também disponibilizará o WhatsApp (99135-0120) e o e-mail procon@joaopessoa.pb.gov.br para agendamentos de atendimento presencial. A partir dos contatos feitos por qualquer um desses canais, o consumidor será encaminhado para atendimento, audiência de conciliação ou consulta processual no cartório do órgão, dependendo do motivo exposto.

Outra novidade prevista para o próximo mês é o serviço de agendamento no site do Procon-JP. O agendamento será dirigido tanto para o consumidor, quanto para o fornecedor de bens e serviços. Quando for referente ao consumidor, o agendamento será feito para o Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) e no caso do fornecedor, o agendamento será encaminhado para consulta processual no cartório ou às audiências de conciliação.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.