Vida Urbana

PRF prende homens transportando 11 cabras em interior de veículo particular na PB

Ação foi flagrada pelos agentes da PRF no município de Cruz do Espírito Santo, na Mata paraibana.




PRF prende homens transportando 11 cabras em interior de veículo particular na PB. Foto: Divulgação / PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu três homens que transportavam 11 cabras em um carro, nesta quarta-feira (2). A ação foi flagrada pelos agentes da PRF no município de Cruz do Espírito Santo, distante 30km da capital João Pessoa.

A ação foi interceptada pelos agentes da PRF após uma denúncia anônima, feita por meio do do telefone de emergência 191. Conforme a denúncia, um veículo Toyota Corolla estaria transportando vários animais de grande porte em seu interior.

As equipes foram acionadas e em seguida conseguiram abordar o veículo na BR 230, km 69, no município de Cruz do Espírito Santo. Três homens desceram do veículo e os agentes iniciaram as buscas no interior do automóvel, quando localizaram 11 cabras, algumas no banco traseiro e a maior parte no porta-malas.

O transporte de animais registrado pode caracterizar maus tratos aos animais, já que eles eram levados sem qualquer tipo de ventilação e sem espaço físico adequado.

Conforme a PRF, o condutor do veículo possuía 40 anos de idade, não apresentou documento pessoal e informou um nome false. Os policiais descobriram, posteriormente, que ele era foragido da justiça e tinha um mandado de prisão em aberto por estupro. Os demais ocupantes do veículo, um homem de 21 anos e outro de 24 anos, não possuíam antecedentes criminais.

Os homens informaram que era feirantes e estavam transportando os caprinos de uma feira em Campina Grande. Eles não apresentaram nada que pudesse comprovar a informação, e os animais foram recolhidos e encaminhados para o Centro de Manejo de Animais de João Pessoa.

Um dos animais estava em estado de sofrimento por conta do transporte inadequado e deverá ser sacrificado. A polícia não descarta a hipótese dos animais terem sido furtados de alguma prioridade rural da região. Os homens foram detidos e devem responder por mais tratos a animais.

Já o condutor do veículo deverá responder por falsidade ideológica, além de ser encaminhado para o cumprimento da pena prevista para o mandado de prisão por estupro. A Delegacia de Polícia Civil de Santa Rita deverá receber a ocorrência.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.