Vida Urbana

PRF aumenta a fiscalização nas rodovias federais que cortam a Paraíba

Haverá uma atenção especial para a BR 230, que liga o Litoral ao Sertão, e para a BR 101, que dá acesso às praias paraibanas.




Os feriados sempre demandam mais atenção dos motoristas nas rodovias federais, já que o risco de acidente é maior por conta da quantidade de veículos em circulação. Com o tráfego maior, a Polícia Rodoviária Federal também muda a rotina de fiscalização das estradas. A entidade anunciou que a partir desta quinta-feira (2) dará início à Operação Semana Santa. A ação dos policiais rodoviários está prevista para durar até segunda-feira (6).

Trechos estratégicos de todas as rodovias federais que cortam o estado contarão com o reforço de policiais rodoviários. Os agentes da PRF vão repetir a mesma estrutura e metodologia usada na Operação Carnaval, dando prioridade a ações de prevenção com o intuito de reduzir a violência do trânsito.

Haverá uma atenção especial para a BR 230, que liga o Litoral ao Sertão; a BR 101, que dá acesso às praias paraibanas e aos estados de Pernambuco e Rio Grande do Norte e a BR 104, que é uma rota bastante demandada com destino ao município pernambucano de Brejo da Madre de Deus, onde é encenada a peça "A paixão de Cristo", espetáculo muito demandado nesse feriado.

Dados estatísticos referentes ao feriado da Semana Santa de anos anteriores influenciaram no planejamento da ação da PRF. Para o plano da operação foram priorizadas informações sobre o comportamento dos motoristas e as características dos acidentes considerados graves, com resultado em morte ou em feridos gravemente.

A análise dos dados análises permitiu o melhor uso dos recursos humanos e materiais da PRF, que pretende coibir comportamentos de risco como ultrapassagens indevidas, excesso de velocidade e a mistura fatal de álcool e direção.

Para os motociclistas, a Polícia Rodoviária Federal reforça o alerta para que, além das condutas citadas como perigosas, sempre utilizem o capacete, um equipamento de segurança indispensável.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.