Vida Urbana

Prefeitura do Sertão paraibano decreta fechamento de atividades não essenciais para conter avanço da Covid-19

Decreto publicado na segunda (30) vale por 15 dias e pode ser prorrogado a depender do cenário epidemiológico.




A prefeitura de Carrapateira, no Sertão da Paraíba, decretou quarentena de 15 dias para tentar conter novas infecções por coronavírus na cidade. Segundo o documento, atividades consideradas não essenciais já estão suspensas desde a segunda-feira (30), dia da publicação do decreto.

O documento considera o aumento de casos de Covid-19 em toda a Paraíba, e menciona “a ausência de leitos em hospitais públicos e privados para atendimento de pacientes”. Com a determinação, bares, restaurantes e demais estabelecimentos do setor; barracas e feiras livres; templos de cultos religiosos; academiar de ginástica e assemelhados; não poderão funcionar pelos próximos 15 dias.

O documento também obriga o uso de máscaras em estabelecimentos e demais locais de circulação de pessoas, e determina a suspensão do atendimento presencial nos órgãos públicos municipais. Shows, campeonatos esportivos e demais eventos também não podem ser realizados.

A Vigilância Sanitária do Município será responsável por fiscalizar e notificar o cumprimento do decreto, e a Polícia Militar poderá agir caso haja descumprimento das regras. O decreto pode ser prorrogado pela administração municipal.

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES), Carrapateira tem 67 casos e uma morte por coronavírus. A cidade tem pouco mais e 2,6 mil habitante e é próxima ao município de Cajazeiras, onde há um hospital do Estado referência para tratamento contra o coronavírus. A ocupação de leitos de UTI no Sertão está em 68%.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.