Vida Urbana

Prédios serão reformados em CG

Foram listadas 18 Escolas Estaduais que precisam de reforma em caráter de urgência em Campina Grande.




Está em período de preparação a licitação que será publicada ainda este mês e irá possibilitar a reforma de 18 escolas da Rede Estadual de Ensino localizadas em Campina Grande. Este foi o resultado de um levantamento produzido em dezembro do ano passado, que a 3ª Regional de Ensino sediada no município fez, listando as unidades que estão precisando, em caráter de urgência, de melhorias em suas condições físicas.

De acordo com Teresinha Silva, gerente da 3ª Regional de Ensino, foi realizao um estudo minucioso e inicialmente estas 18 escolas serão atendidas, o que não impede que as demais recebam algumas ações de melhorias. “Temos um total de 53 escolas e, quando nos referimos à reforma, em todas as unidades é preciso fazer alguma coisa. É como se nos referíssimos a nossa casa, há sempre um ajuste. Mas, inicialmente, serão essas 18 que se encontram em situação mais emergencial”, disse.

Ainda sem orçamento prévio para as reformas nas unidades de ensino selecionadas, a gerente ainda destacou que as escolas além das melhorias estruturais, também irão ganhar carteiras novas, já que serão substituídas imediatamente cerca de duas mil e também será renovado o material esportivo usado nos locais.

Teresinha ainda apontou que dependendo da necessidade das escolas, esses materiais poderão sofrer acréscimos.

“Inicialmente a previsão é essa, de renovar todo o material esportivo e fazer a substituição imediata de duas mil carteiras.

Como ainda estamos no período de preparação para a divulgação da licitação, é claro que ajustes ainda poderão ser feitos para que o orçamento seja fechado. Temos pressa para dar início a essas reformas que não irão atrapalhar o início do ano letivo, e irão melhorar substancialmente a qualidade das nossas escolas”, projetou Teresinha Silva. (Givaldo Cavalcanti)


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.