Vida Urbana

Ponto facultativo em CG impede realização de exames médicos

Usuários do Posto de Saúde Francisco Pinto esperaram durante horas para realização dos exames, masa a unidade não abriu.




O ponto facultativo decretado ontem pela Prefeitura Municipal de Campina Grande após o feriado da Proclamação da República, na última quinta-feira, atrapalhou o tratamento de diversos usuários do sistema de saúde pública da cidade. Sem saber que os exames no Posto de Saúde Francisco Pinto, no Centro da cidade seriam suspensos, dezenas de usuários ficaram esperando durante horas a abertura do local, o que não aconteceu.

Essa medida foi reprovada pela agricultora Ednusa do Nascimento, 40 anos, moradora do Sítio de Riacho dos Poços, no município de Lagoa de Roça, no Brejo. Ela disse que o setor de marcação de exames da Secretaria de Saúde deveria ter avisado que o local iria ser fechado e que uma nova data seria estipulada.

“Eu gastei dinheiro com ônibus, cheguei aqui 5h30 e não vou poder fazer meu exame. Marquei ele há mais de 10 dias e mesmo assim ninguém se preocupou em me avisar dizendo que eu não poderia fazê-lo hoje (ontem) por conta do feriado”, disse.

De acordo com a assessoria de comunicação da Secretaria de Saúde, todos os exames que deveriam ter sido realizados na manhã de ontem serão remarcados gradativamente. Contudo, o setor não informou a data que esses usuários poderão começar a ser atendidos. Já a Procuradoria do Município confirmou que os únicos serviços que mantiveram a normalidade foram os de atendimento de urgência e coleta de lixo.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.