Vida Urbana

PMCG entrega praça e academia popular no bairro da Santa Rosa

O prefeito Romero Rodrigues irá inaugurar outras unidades em São José da Mata, José Pinheiro, Catolé e Rocha Cavalcanti.




Os moradores do bairro da Santa Rosa, em Campina Grande, foram beneficiados na manhã desta quinta-feira (26), com a entrega da praça Francisco Pinto que conta com academia popular. A solenidade marcou a primeira de cinco entregas programadas para os próximos dias, já que o prefeito Romero Rodrigues irá inaugurar outras unidades em São José da Mata, José Pinheiro, Catolé e Rocha Cavalcanti. O investimento somente na Santa Rosa foi de R$ 290 mil.

De acordo com o prefeito Romero Rodrigues a construção desse espaço público proporcionou a recuperação de uma área que constantemente apresentava problemas de segurança, por ter iluminação deficitária, e principalmente pela presença constante de lixo. Romero ainda ressaltou que houve a recuperação total do calçamento do entorno da praça, já que a população se queixava há bastante tempo de desníveis e buracos no local.
 
“A praça é uma área de convívio, e nós além de colocarmos equipamentos para os moradores praticarem exercícios, ainda recuperamos o calçamento que era uma solicitação antiga e melhoramos a iluminação. Por isso que essa obra melhorou a vida da população como um todo, por oferecer mais qualidade de vida. A próxima a ser inaugurada será a praça Isaac Catão, no bairro do José Pinheiro, depois mais uma praça em São José da Mata, e posteriormente outra na área da feirinha do Catolé e no Rocha Cavalcanti”, afirmou Romero Rodrigues.
 
O secretário de Serviços Urbanos de Campina Grande, Geral do Nobre, afirmou que a meta para este ano é manter a construção de 16 praças e instalação de pelos menos 14 academias populares como foi feito no ano passado. Ele afirmou que Campina Grande ainda tem um deficit muito grande de áreas de convívio desse gênero, e que a medida que os recursos estejam disponíveis, outros equipamentos dessa natureza serão inaugurados pela prefeitura.
 
“Campina Grande tem 51 bairros e somente 20 praças. Temos um deficit de 31 bairros sem praças e esperamos reduzir pela metade esse número ao longo desse ano. Como utilizamos recursos do Imposto predial territorial urbano (IPTU) para a realização desses projetos, é importante que a população continue contribuindo, já que esse projeto possibilitou a melhoria de muita coisa na área, como iluminação, acesso à ônibus após o aumento da largura das ruas, oportunidade de prática de exercício e convívio em sociedade”, disse Geraldo Nobre.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.