Vida Urbana

PM reformado é assassinado a tiros em Santa Rita

Polícia investiga se ele trocou tiros com os suspeitos antes de ser morto.



Walter Paparazzo
Walter Paparazzo
Crime aconteceu em uma estrada com pouca iluminação

Um policial militar reformado foi assassinado a tiros na noite de sábado (14) na cidade de Santa Rita, na Grande João Pessoa. Segundo informações da Polícia Civil, ele seguia em uma motocicleta em uma estrada vicinal, com pouca iluminação e movimentação de pessoas, quando foi interceptado e baleado várias vezes.

Após cair da motocicleta ferido, o policial não resistiu e morreu no local do crime. O delegado Pedro Ivo Soares, da Delegacia de Homicídios, disse que a vítima estava com três armas. A Polícia Civil investiga se ele chegou a trocar tiros com os autores do crime.

“A princípio as três armas encontradas com ele, um revólver calibre 38, uma arma na cintura que provavelmente é uma pistola e uma terceira, uma arma de caça, devem ser do policial. Mas a equipe de perícia do Instituto de Polícia Científica (IPC) após os exames, deve nos fornecer mais informações sobre as armas”, comentou.

Depois da perícia do IPC, o corpo da vítima foi encaminhado para a Gerência Executiva de Medicina e Odontologia Legal (Gemol), em João Pessoa. Até o início da manhã deste domingo (15), nenhum suspeito tinha sido localizado e preso. O caso deve ser repassado para Polícia Civil em Santa Rita.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.