Vida Urbana

PM é baleado durante assalto a agência bancária em João Pessoa

Foi o segundo assalto na Avenida Epitácio Pessoa no mesmo dia.




Polícia segue em perseguição a quadrilha que assaltou agência bancária na Epitácio. Foto: Danilo Alves/TV Cabo Branco

Um cabo da Polícia Militar foi baleado na manhã desta segunda-feira (7) em confronto durante assalto a uma agência bancária do Bradesco, localizada na Avenida Epitácio Pessoa, em João Pessoa. De acordo com a PM à TV Cabo Branco, o crime aconteceu pouco antes das 11h, mas até as 12h não havia informações se os assaltantes conseguiram levar alguma coisa do estabelecimento. Fugitivos do Presídio de Segurança Máxima Romeu Gonçalves de Abrantes, o PB1, estão entre os suspeitos do crime.

Ainda segundo a polícia, logo após o assalto, os policiais foram orientados a procurarem um carro branco, que foi localizado na Gauchinha, no Bairro das Indústrias. Na perseguição, houve troca de tiros e um cabo da PM, identificado como cabo Jonas, de 38 anos, foi baleado na coxa após a viatura ser atingida por tiros no vidro traseiro e na porta do motorista.

O grupo fugiu pela BR-101 e abandonou o veículo próximo a estância Mussuré, nas margens da estrada. A polícia foi até o local e montou um cerco à uma mata da região, porém ninguém tinha sido preso até o começo da tarde desta segunda.

O policial baleado foi socorrido pelos outros policiais e levado para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, onde passou pelos primeiros atendimentos e segue internado em observação. Conforme a polícia, ele não corre risco de morte.

“A orientação para a população de região às margens da BR-101 é de que evitem andar próximo à mata, uma vez que pode acontecer algum confronto com a polícia. E caso alguém veja algo suspeito pode informar pelo número 190, a ligação é sigilosa”, diz o coronel Valério, da PM.

Fugitivos do PB1

De acordo com o delegado da Delegacia de Crimes contra o Patrimônio, Wagner Dorta, quatro suspeitos participaram do assalto.  Ele relatou que após análise de imagens do circuito interno de segurança do banco dois dos homens foram identificados. José Mayckon Nascimento Ferreira e Geraldo Márcio Cardoso dos Santos são foragidos do presídio PB1. Eles deixaram a unidade durante a fuga em massa ocorrida em setembro de 2018, quando 92 detentos escaparam.  A polícia ainda não sabe a identidade dos outros dois.

Hospital de Trauma de João Pessoa

Cabo baleado foi levado ao Hospital de Trauma de João Pessoa e está em estado regular. Foto: Francisco França

 

Outro tiroteio

Um outro tiroteio foi registrada na madrugada desta segunda-feira na Avenida Epitácio Pessoa, quando assaltantes que tentaram roubar uma farmácia, localizada no bairro da Torre. Após o tiroteio, a Polícia Militar prendeu um jovem em flagrante e apreendeu uma faca, além de recuperar pacotes de fralda e cerca de R$ 430. Ainda segundo informações da Polícia Militar, outros assaltantes estavam no local, mas conseguiram fugir.

O jovem suspeito preso, identificado como Diego Morais, de 25 anos, foi encaminhado para a Central de Polícia, no bairro do Geisel, em João Pessoa.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.