Vida Urbana

Pedreiro é morto a tiros em Santa Rita

Servente de pedreiro foi executado com três disparos de arma de fogo quando caminhava pela rua Boa Vista, em Santa Rita.




Por volta das 23h do último sábado, um homem foi assassinado no bairro Várzea Nova, em Santa Rita, na Região Metropolitana de João Pessoa. De acordo com o delegado plantonista da 6ª Delegacia Distrital, José Pereira Júnior, a polícia ainda não identificou os autores do homicídio e a ausência de testemunhas dificulta o processo investigativo.

O servente de pedreiro Wellington Ernesto da Silva, de 23 anos, foi executado com três disparos de arma de fogo quando caminhava pela rua Boa Vista. “A informação que nós temos é que com os primeiros disparos ele começou a correr, tentando fugir, mas foi baleado e já caiu morto. Os moradores disseram apenas ter escutado os tiros e não informaram quantas pessoas teriam participado do homicídio”, afirmou o delegado José Pereira Júnior. O inquérito referente ao assassinato será instaurado pelo Núcleo de Homicídios de Santa Rita.

Segurança
Segundo a assessoria da Polícia Militar, "o segundo turno das eleições ocorreu de forma tranquila, nas duas principais cidades da Paraíba". Na segunda etapa do pleito, nenhuma ocorrência grave de crime eleitoral foi registrada em João Pessoa e Campina Grande. Os Centros de Comando e Controle (CCC) contabilizaram, nos dois municípios, apenas cinco ocorrências, três em Campina Grande e duas na capital. Ao todo, 2.887 policiais civis, militares e bombeiros militares estiveram de plantão no segundo turno, subsidiando o trabalho da Polícia Federal, a quem cabe o registro de crimes eleitorais em João Pessoa e Campina Grande.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.