Vida Urbana

Paraíba tem o quarto menor índice de servidores públicos federais expulsos

Maior parte dos afastamentos é justificado por envolvimento com corrupção.




A Paraíba tem o quarto menor índice de servidores públicos federais expulsos, de acordo com relatório do Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União. Em 15 anos, foram expulsos 117 servidores, ou seja, 2,85 expulsões a cada 1 mil servidores ativos no estado.

De acordo com o relatório, em todo o Brasil o que mais motiva as expulsões são atos relacionados a corrupção, justificativa apontada em 66% dos casos. Outros 24% foram punidos por abandono do cargo.

O estado com maior índice é o Amazonas, com 10,3 expulsos a cada mil servidores e o menor é o Rio Grande do Sul, com 2,5. Apesar disso, o número de expulsões anuais na Paraíba vem crescendo desde 2016 e até julho deste ano já tinham sido expulsos mais servidores do que em todo o ano de 2017: foram 9 expulsões este ano, contra 7 no ano passado.  

A Paraíba tem 35.659 servidores federais ativos, segundo o Ministério.

Além de servidores da ativa que perderam seus cargos, em todo o Brasil 596 servidores aposentados também tiveram seus benefícios cassados.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.