Vida Urbana

Paraíba tem 57% dos projetos de agricultura familiar financiados no país

Conforme a Empaer, 96,3 mil famílias do estado recebem acompanhamento no setor rural.




Foto: Arquivo

A Paraíba é o estado brasileiro que mais financiou projetos para agricultores familiares no Brasil na linha de crédito do Programa Nacional de Agricultura Familiar (Pronaf) Agroecologia, segundo levantamento do Banco do Nordeste (BNB). O estado concentra 57% das propostas executadas pela linha de crédito, voltada para investimentos em sistemas de produção agroecológicos ou orgânicos, em todo o país.

Os dados, que indicam projetos elaborados até maio de 2018, foram destacados na webinar “Experiência Pronaf Agroecologia no Estado da Paraíba”, promovido pelo Fórum dos Secretários de Estado da Agricultura Familiar do Nordeste.

De acordo com o documento, do montante de 1.057 projetos executados em todo o Brasil pelo Pronaf Agroecologia, somente a Paraíba detém 57% das propostas, ou seja, 601 projetos pela linha de crédito que estabelece um conjunto de normas elaboradas pela Secretaria da Agricultura Familiar do Ministério do Desenvolvimento Agrário, bem como pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. O segundo estado com mais projetos foi o Rio Grande do Sul, que teve 135 projetos financiados pela linha de crédito.

Conforme a Empresa Paraibana de Pesquisa, Extensão Rural e Regularização Fundiária (Empaer), 96,3 mil famílias do estado recebem o acompanhamento de instituições responsáveis pela execução de políticas públicas voltadas ao setor rural.

O assessor técnico da Empaer Geovanni Medeiros apresentou o panorama de propostas financiadas pelo Pronaf Agroecologia, que posiciona a Paraíba com 601 projetos, o Rio Grande do Sul com 135 projetos e Alagoas com 73 propostas financiadas. “Esse é um destaque muito importante para os projetos da Paraíba. O Rio Grande do Sul, com tradição muito grande em agroecologia, detinha 13% desse montante”, observou.

Pronaf

O Pronaf Agroecologia é operado na Região Nordeste pelo BNB. O gerente executivo da superintendência estadual do banco na Paraíba, Keke Rosberg, explica que a principal estratégia adotada pelo BNB no estado é a divulgação da linha de crédito com parceiros, além da participação em atividades para conhecer as necessidades do setor rural.

“Uma prática que estabelecemos, desde 2013, tem sido a aproximação nos eventos e ações com a Empaer. Discutimos juntos os temas relacionados ao produtor rural e ao longo dos anos fomos aprimorando as informações, com elaboração de cartilhas, realização de palestras de georreferenciamento. Isso fez com que o estado melhorasse em quantidade e qualidade nos projetos e no crédito”, disse.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.