Vida Urbana

Paraíba avança na flexibilização com 87% dos municípios na bandeira amarela

Dentre as cidades com bandeira mais branda estão João Pessoa e Campina Grande.




Foto: reprodução

A Paraíba se mantém estável no avanço da contaminação do novo coronavírus e já tem 193 (87%) em bandeira amarela, segundo a sexta avaliação do Plano Novo Normal, divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES) neste sábado (9). Ainda de acordo com o levantamento, apenas 20 (9%) municípios encontram-se em bandeira laranja e 10 (4%) estão com a classificação verde e nenhum está na condição vermelha.

O resultado foi divulgado pela SES no mesmo dia em que o estado chegou ao total de 100.970 casos confirmados de Covid-19 e 2.288 mortes mortes pela doença.

Dos municípios com a classificação de bandeira amarela, observou-se um crescimento de 1% em relação ao levantamento anterior. As cidades com bandeira amarela são: João Pessoa, Campina Grande, Catolé do Rocha, Capim, Pombal, Piancó, Sapé e Uiraúna.

Já a bandeira laranja teve redução de 1% e a bandeira verde demonstrou um ligeiro crescimento de 0,44%. Dentre os municípios que estão em bandeira verde figuram: Areia de Baraúnas, Barra de Santana, Bom Jesus, Marcação, Tenório, São João do Tigre, Umbuzeiro e Zabelê. Já entre os municípios sob a bandeira laranja estão Bayeux, Santa Rita, Cruz do Espírito Santo, Fagundes, Junco do Seridó, Manaíra e Princesa Isabel.

 

Novo Normal

 

Diante da retomada de diversos setores da economia na Paraíba, a 6ª avaliação do Plano Novo Normal recomenda maior sustentação e empenho das medidas preventivas contra a Covid-19. As recomendações quanto à sustentação das medidas preventivas para impedir o aumento do número de casos e de óbitos em todo Estado permanecem vigentes e estão disponíveis na página oficial do Governo do Estado.

“Sabemos que as medidas protetivas mais eficazes para a população são o uso ostensivo de máscaras, a lavagem das mãos e a manutenção do distanciamento social o quanto possível. Mesmo com a flexibilização, e a retomada de diversas atividades produtivas, a população precisa continuar atenta à estas medidas e manter os cuidados que reforçamos exaustivamente”, enfatiza o secretário de Saúde do Estado, Geraldo Medeiros.

É importante frisar que as retomadas devem ocorrer preferencialmente de acordo com os protocolos definidos pelas Secretaria de Estado da Saúde (SES), que disponibiliza um conjunto de protocolos destinado à prevenção da Covid-19.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.