Vida Urbana

Operação do Exército fiscaliza 24 empresas que vendem armas na PB

Ações acontecem na Grande João Pessoa e no interior do estado.




Ação acontece em todo o território nacional (Foto: Divulgação/Exército)

Vinte e quatro empresas da Paraíba autorizadas a vender e fazer manutenção de armas são alvos de uma ação de fiscalização desencadeada pelo Exército nesta terça-feira (9). A Operação Alta Pressão VIII tem o objetivo de verificar a regularidade de procedimentos e documentação relativas ao comércio de armamentos e munições.

A operação está sendo realizada simultaneamente em todo o território nacional, sob coordenação da Diretoria de Fiscalização de Produtos Controlados do Exército. Na Paraíba e no Rio Grande do Norte, a ação é comandada pela 7ª Brigada de Infantaria Motorizada, junto com o 15º e o 71º Batalhão de Infantaria Motorizado. As ações em território paraibano acontecem na Grande João Pessoa e no interior do estado.

Na Operação Alta Pressão VII, ocorrida em outubro de 2018, foram apreendidas 41.288 munições, 1.135 armas de fogo, 172 armas de pressão entre elas 22 airsoft e duas lunetas de uso restrito em todo o país. Ao todo, 95 empresas foram autuadas por irregularidades administrativas no trato com Produtos Controlados pelo Exército (PCE).


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.