Vida Urbana

Operação da PF investiga pesca ilegal de lagosta no Litoral Norte da Paraíba

Crustáceo está no período do defeso, quando a pescaria é proibido no estado.




Foto: divulgação/PF

A Polícia Federal (PF) na Paraíba deflagrou, na manhã deste domingo (26), uma operação para combater a pesca ilegal de lagosta em período de defeso, que estaria ocorrendo na Baía da Traição, Litoral Norte da Paraíba. A operação, denomina Pieu, contou com a participação de técnicos da Funai e do Batalhão da Polícia Ambiental, além de dez policiais federais.

A Operação investiga pessoas que realizam a pesca de lagosta no período de defeso. O período de defeso é a época do ano em que a pesca de determinada espécie está proibida ou controlada, a fim de garantir a reprodução ou povoamento.

Segundo informações da assessoria de imprensa da PF, não houve prisões em flagrante durante a ação. Os investigados poderão responder pelo crime de pesca ilegal, cuja atinge três anos de detenção.

O nome da Operação, Pieu, significa uma espécie de espada metálica e pontiaguda, utilizada para a caça da lagosta.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.