Vida Urbana

Operação conjunta combate extração ilegal de recursos minerais em João Pessoa

Pedreira foi alvo de ação conjunta da Polícia Federal, Sudema e Ministério do Trabalho.




Foto: Polícia Federal/Divulgação

Uma pedreira, localizada em João Pessoa, foi alvo de uma ação conjunta na tarde desta sexta-feira (17), envolvendo a Polícia Federal, Superintendência de Administração do Meio Ambiente na Paraíba (Sudema) e Ministério Público do Trabalho (MPT). A Operação Jampa Verde 2 teve como objetivo, combater a extração ilegal de recursos minerais, por causa da ausência de autorização da Agência Nacional de Mineração (ANM) e da Sudema, além das condições degradantes de trabalho.

A Sudema informou que uma equipe foi chamada pra verificar se estava ocorrendo algum crime no local, mas ninguém foi encontrado na pedreira. Os investigados serão indiciados com base na Lei de Crimes Ambientais e também na Lei de Crimes conta a Ordem Econômica. Somadas, de acordo com a PF, as penas poderão ultrapassar cinco anos de prisão.

Foto: Polícia Federal/Divulgação

No dia 31 de julho do ano passado, os três órgãos realizaram a primeira etapa da Operação. As cidades de Santa Rita e Conde foram os alvos, novamente com o objetivo de combater a extração ilegal de recursos minerais, pela falta de autorização de órgãos ambientais.

Em nota, a Polícia Federal informou que as fiscalizações e ações em conjunto com Sudema e Ministério do Trabalho serão intensificadas.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.