Vida Urbana

Obras no Mercado de Artesanato de Tambaú serão concluídas em 15 dias

Superintendente da Suplan, Ricardo Barbosa, informou que o local terá 20 boxes e será Centro Multiuso.




Após mais de quatro anos de espera e várias reportagens publicadas pelo JORNAL DA PARAÍBA denunciando a angústia vivida pelos artesãos instalados em uma lona improvisada na orla de Tambaú, em João Pessoa, a situação dos comerciantes pode ter um desfecho nos próximos 15 dias.

Esse foi o prazo dado pelo superintendente de Obras do Plano de Desenvolvimento do Estado (Suplan), Ricardo Barbosa, para a conclusão das obras do Mercado de Artesanato de Tambaú – para onde os artesãos serão relocados.

Segundo o secretário, em nota divulgada ontem, o Mercado será transformado em um Centro de Multiuso, composto por 20 boxes.

O secretário afirmou, ainda, que as obras do Mercado – que se arrastam por três governos distintos – foram retomadas há mais de 60 dias e já estão em fase de conclusão.

Ricardo Barbosa informou que a previsão era de que a obra fosse entregue ainda neste mês, mas não foi possível em função de uma reformulação no projeto inicial para melhor atender aos comerciantes. Segundo ele, estão sendo investidos no local recursos da ordem de R$ 630 mil, provenientes do Estado e da Caixa Econômica Federal.

Em janeiro deste ano, a reportagem do JORNAL DA PARAÍBA já havia mostrado a insatisfação dos artesãos com os atrasos na obra, que deveria durar apenas seis meses. Na ocasião, a comerciante Ana Cláudia Barbosa de Araújo disse que desde que foram iniciados os trabalhos, o grupo recebeu dos órgãos competentes várias datas para a conclusão do prédio.

“A última promessa é que seria entregue agora em janeiro, mas o mês está acabando e nenhuma conclusão. Hoje em dia ficam só dois pedreiros trabalhando sem avançar com a obra”, comentou.

No mesmo mês, em reportagem publicada pelo portal de notícia G1, o então superintendente de Obras do Plano de Desenvolvimento do Estado (Suplan), Orlando Soares, garantiu que a obra seria entregue em março deste ano – prazo novamente não cumprido.

Na ocasião, Orlando também afirmou que existia recurso para a obra, mas o projeto, que veio de outras administrações, precisava ser adequado à Lei de Licitação. O projeto de reforma do Mercado de Tambaú teve início em 2008.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.