Vida Urbana

Núcleo de pesquisa em saúde da UEPB desenvolve sistema que monitora casos de Covid-19

Ferramenta auxilia profissionais de saúde com orientação de infectologistas e permite acompanhamento.




Núcleo de pesquisa em saúde da UEPB desenvolve sistema que monitora casos de Covid-19

O Núcleo de Tecnologias Estratégicas em Saúde (Nutes) da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) desenvolveu um sistema que permite aos profissionais de saúde o monitoramento epidemiológico em tempo real dos casos de coronavírus atendidos em hospitais da Paraíba. A ferramenta ‘eCovid’ foi produzida em caráter de urgência, e considera dados dos estudos mais recentes sobre a Covid-19 para mapear a evolução clínica de pacientes com a doença em todo o estado. A Paraíba tem até o momento apenas um caso confirmado.

De acordo com o coordenador do Laboratório de Computação Biomédica do Nutes e líder da equipe envolvida no projeto, Paulo Barbosa, o sistema tem o objetivo de proporcionar orientações específicas de infectologistas aos demais profissionais de saúde que vão lidar diretamente com pacientes acometidos pelo novo coronavírus nos hospitais paraibanos. Segundo Paulo, a partir dos dados disponibilizados e por meio do acesso remoto ao sistema, o infectologista vai poder acompanhar o quadro clínico do paciente, o que qualifica ainda mais o atendimento.

“Os infectologistas do estado poderão acompanhar em tempo real a situação de pacientes internados e interagir com seus médicos responsáveis. ”, explicou o professor Paulo Barbosa. Ainda segundo ele, as principais funcionalidades do ‘eCovid’ estão geo-referenciamento e evolução dos locais com casos em atendimento e interação entre os envolvidos no processo de tratamento.

Por conta do aumento no número de casos do novo coronavírus no Nordeste, o Nutes está oferecendo parceria com estados que tenham interesse em utilizar a tecnologia no enfrentamento da pandemia da doença. Ainda de acordo com Paulo, algumas unidades hospitalares já expressaram desejo de obter a ferramenta, que foi instalada e está sendo testada no Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande.

O ‘eCovid’ é desenvolvido por quatro programadores do Laboratório de Computação Biomédica do Nutes, em conjunto com uma pesquisadora em tecnologia. A instalação do sistema web deve ser feita em uma central no hospital, e os profissionais de saúde vão poder ter acesso por meio de computadores ou até mesmo de dispositivos móveis, como celulares.

Sob supervisão de Jhonathan Oliveira*


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.