Vida Urbana

Mulher é presa após trancar filhos em casa

Mulher de 21 anos deixou três filhos de 2, 4 e 7 anos sozinhos trancados em casa, enquanto visitava um namorado.




A Polícia Militar (PM) prendeu na tarde da última quarta-feira uma mulher acusada de maus-tratos e abandono de incapaz, no bairro Três Irmãs, em Campina Grande. A acusada, de 21 anos, deixou três filhos – de 2, 4 e 7 anos – sozinhos trancados em casa, enquanto visitava um namorado. A mulher foi presa em flagrante e encaminhada para o presídio. As crianças foram entregues pelo Conselho Tutelar aos avós maternos, ainda na noite da quarta-feira.

De acordo com as informações da delegada de Repressão a Crimes contra a Infância e Juventude de Campina Grande, Alba Tânia, moradores do bairro Três Irmãs acionaram a Polícia Militar informando que as crianças estavam abandonadas.

Quando os policiais chegaram na casa, encontraram as três crianças sozinhas e a mais velha, de 7 anos, preparando um café para os irmãos mais novos.

Segundo o comandante do 2° Batalhão de Polícia Militar (2° BPM), tenente-coronel Souza Neto, a mãe das crianças estava na casa de um namorado. A mulher de 21 anos foi encaminhada para a delegacia e autuada em flagrante por crime de abandono e maus-tratos. O pai das crianças é separado da mãe e está sendo procurado para prestar esclarecimentos, pois, segundo a mãe, ele não paga pensão.

Conforme a delegada Alba Tânia, o fato de o crime ser praticado contra crianças pode pesar mais na condenação. “A pena para o crime de abandono pode chegar a 3 anos de prisão. Já o crime de maus-tratos é de um ano. Porém, como o crime foi praticado contra crianças, a pena é maior. Além disso, a pena deverá ser triplicada, visto que ela será julgada pelos crimes cometidos contra cada um dos filhos”, disse ela. Após a autuação, a mulher foi encaminhada para o presídio feminino de Campina Grande na manhã de ontem.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.