Vida Urbana

MPs pedem que Ouro Velho, única cidade da PB sem Covid-19, mude método de testagem

Segundo especialistas, ausência de casos pode ter relação com o tipo de teste aplicados na cidade.




MPF, MPPB e MPT orientam Prefeitura de Ouro Velho a mudar método de testagem para Covid-19. Foto: Ricardo Puppe/Secom-PB

O Ministério Público da Paraíba (MPPB), o Ministério Público Federal (MPF) e o Ministério Público do Trabalho (MPT) orientaram o município de Ouro Velho, no Sertão da Paraíba, distante 330 km de João Pessoa, a mudar a metodologia de testagem para detecção de casos da Covid-19. A orientação foi feita, pois a prefeitura estava utilizando testes rápidos considerados imprecisos para detecção da doença. O fato que chamou a atenção dos MPs foi de que, até o momento, a cidade é a única da Paraíba que não registrou nenhum caso de infecção pelo novo coronavírus, apesar do processo de interiorização do vírus e do número de infectados pela Covid-19 em cidades vizinhas.

Segundo o promotor de Justiça de Sumé, Bruno Lins, o assunto foi discutido em audiência remota realizada no último dia 20 de julho com gestores de Campina Grande, Monteiro, Sumé, Serra Branca e Ouro Velho, com o objetivo de avaliar as medidas que têm sido adotadas pelos órgãos públicos, para prevenir e monitorar os casos de Covid-19, principalmente durante este momento de retomada das atividades econômicas.

Os representantes da Prefeitura de Ouro Velho informaram que a cidade ainda não registrou casos da doença, mesmo com aproximadamente 100 testes rápidos aplicados por sorologia capilar. Especialistas em saúde, que participavam da reunião, falaram da imprecisão e ineficácia dessa metodologia de testagem rápida para detecção do novo coronavírus, o que levou os promotores do Ministérios Públicos a recomendarem a imediata substituição deste tipo de testagem.

“O município se comprometeu a adotar as orientações. Após essa audiência, foram realizados mais alguns exames, no total de 150. Como o município de Ouro Velho possui aproximadamente 3 mil habitantes, então foi testada cerca de 5% da população. Até o momento, não foi detectado ou confirmado nenhum caso de Covid-19. O Ministério Público segue acompanhando de perto a situação do município de Ouro Velho e aguarda novas informações e novos dados do município”, disse o promotor Bruno Lins.

O JORNAL DA PARAÍBA tentou falar com a secretaria de Saúde de Ouro Velho, mas as ligações não foram atendidas.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.