Vida Urbana

Motoristas têm até dia 1º para apresentar extintor veicular

 Em João Pessoa, os proprietários de veículos estão enfrentando muitas dificuldades para encontrar o item de segurança nas lojas.




Os motoristas que ainda não adquiririam o extintor de incêndio categoria ABC têm menos de um mês para providenciar o equipamento. No dia 1º de abril, termina o prazo dado pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que inicialmente expiraria no mês de janeiro e foi prorrogado por mais 90 dias, em virtude da falta do produto nas lojas especializadas em vários estados do Brasil.

Na Paraíba, o acessório está sendo encontrado apenas em pequenas quantidades, pois quando novas remessas chegam às lojas, rapidamente o produto volta a ficar em falta, devido à procura. Os valores cobrados no Estado variam entre R$ 80,00 e R$ 130,00.

Em João Pessoa, os proprietários de veículos estão enfrentando muitas dificuldades para encontrar o item de segurança nas lojas.

Em alguns locais, desde dezembro que não há extintores disponíveis e a previsão é de que apenas no final de março o problema comece a ser resolvido. Os preços, na capital, podem variar entre R$ 80,00 e R$ 120,00. Em alguns postos de combustíveis, no bairro de José Américo, os extintores podiam ser encontrados na manhã de ontem.

Já em Campina Grande, uma loja situada no bairro do Monte Santo estava cobrando R$ 130,00 por cada unidade e não havia expectativa sobre o tempo de duração dos itens para comercialização. Na rua Doutor João Moura, bairro de São José, o valor estipulado em uma loja é de R$ 110,00, mas apenas na segunda quinzena deste mês, está prevista a chegada de uma nova remessa.

Desde 2009, uma recomendação do Contran determinou a obrigatoriedade do equipamento, após a resolução nº 157 de 2004 ter sido confirmada. Os donos de veículos fabricados antes desse período precisam adquirir o item de segurança, pois a partir de 2010 os carros no Brasil já começaram a sair de fábrica munidos do novo extintor, que tem a capacidade de combater o fogo em estofados, tapetes e painéis.


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.