Vida Urbana

Motoristas de transporte escolar se mobilizam contra clandestinos

Manifestação, no entorno do Açude Velho, pede mais condições de segurança para as crianças que são transportadas nas vans escolares 
 




Combater o transporte ilegal de passageiros e oferecer mais condições de segurança para as crianças que são transportadas nas vans escolares. Foi com esse propósito que representantes do Sindicato dos Transportes Escolares de Campina Grande organizaram uma mobilização pacífica durante a manhã dessa sexta-feira (29), no entorno do Açude Velho, cobrando mais fiscalização por parte da Superintendência de Trânsito e Transportes Púbicos (STTP) na cidade.

De acordo com o presidente do sindicato, Josinaldo Dantas, atualmente há 40 vans cadastradas para transportar os alunos legalmente em Campina Grande. Segundo ele, cada um desses veículos carregavam em média 30 alunos diariamente, mas em virtude do aumento do transporte clandestino na cidade esse número foi reduzido pela metade. “As vans clandestinas ficam em frente às escolas pegando os alunos e nós queremos que a STTP fiscalize isso”, reivindicou.

O superintendente da STTP, Félix Araújo Neto, informou que foi realizada uma reunião com os motoristas das vans escolares regulamentadas na manhã de hoje e ficou acordado que as ações de combate ao transporte clandestino iriam ser intensificadas em Campina Grande. “Nós abrimos frente de diálogo para que possam ser implementadas algumas ações que fortaleçam o transporte escolar local e o combate ao transporte ilegal de passageiros. A grande preocupação é ter as crianças protegidas”, ressaltou.

Ainda conforme o superintendente, “o primeiro ponto que ficou acordado é que será feita uma campanha educativa junto os pais para que procurem o transporte legalizado, que oferece mais segurança para os seus filhos. O segundo ponto é o nosso compromisso em fazer fiscalizações estratégicas em algumas escolas e em datas alternadas. O terceiro ponto é melhorar a implementação de sinalização nos locais de parada de transporte escolar. Daqui a alguns dias estaremos nos reunindo novamente para avaliarmos essas ações".
 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.