Vida Urbana

Motoristas da Uber protestam em João Pessoa e Campina Grande

Manifestações aconteceram por causa da votação de um Projeto de Lei, que visa a regulamentar o transporte individual.



Divulgação/Sidney Leitão
Divulgação/Sidney Leitão
Motoristas de João Pessoa se reuniram no o estádio José Américo de Almeida (Almeidão)

Motoristas que realizam transporte de passageiros por meio de aplicativos realizaram protestos em João Pessoa e Campina Grande na tarde desta segunda-feira (30). As manifestações tiveram como motivo o Projeto de Lei 28/2017, que visa a regulamentar o transporte remunerado privado individual de passageiros e deve ser votado nesta terça (31) no Senado.

Conforme informações do presidente do Sindicato dos Motoristas de Transporte Privado Individual de Passageiros Por Aplicativo do Estado da Paraíba (Simtrapli-PB), Sidney Leitão, as mobilizações reuniram cerca de 2 mil pessoas nas duas cidades.

Ainda de acordo com ele, na capital, o protesto teve concentração no estacionamento do estádio José Américo de Almeida (Almeidão), localizado no Cristo Redentor, e seguiu em carreata até o Busto de Tamandaré, em Tambaú. Já em Campina, os motoristas se concentraram na pirâmide do Parque do Povo e saíram em carreata pelas ruas dos bairros centrais.

A Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP), Polícia Militar e Companhia de Polícia do Trânsito (CPTran) não acompanharam os protestos.

Sidney Leitão, que viajou ainda nesta segunda para Brasília, para acompanhar a votação da Projeto de Lei, afirmou que ele se trata de "um retrocesso pois inviabiliza o trabalho dos motoristas e prejudica a população”. 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.