Vida Urbana

Morre detento baleado durante tumulto no Roger

Igor Emanuel foi atingido na cabeça em meio a ação de contenção da confusão no presídio.




O preso que foi ferido na cabeça durante um tumulto na Penitenciária Flósculo da Nóbrega, o Presídio do Roger, em João Pessoa, morreu na madrugada desta sexta-feira (26). Igor Emanuel de Oliveira Cavalcante, de 25 anos, estava internado em estado grave no Hospital de Emergência e Trauma da capital, mas não resistiu aos ferimentos.

No total, três presidiários e um agente penitenciário ficaram feridos durante o tumulto, ocorrido na madrugada desta quinta-feira (25). De acordo com a Gerência do Sistema Penitenciário, a confusão começou depois que um pacote foi jogado para dentro da unidade e os guardas das guaritas evitaram que os detentos o recolhessem.

Desde que deu entrada no Trauma, Igor estava com quadro clínico grave. De acordo com a unidade hospitalar, foi baleado na testa. Na quinta-feira, o gerente executivo do Sistema Penitenciário, Sérgio Fonseca, afirmou ao JORNAL DA PARAÍBA que o Grupo Penitenciário de Operações Especiais (GPOE) usou apenas armas não letais para controlar o tumulto na Penitenciária.

Nesta sexta-feira a reportagem um novo contato com Fonseca, mas as ligações telefônicas não foram atendidas. Também não foi possível falar com a direção do Roger. Outro que não atendeu os telefonemas foi o secretário de Administração Penitenciária, Wagner Dorta.

Por causa da confusão, a direção do Roger decidiu suspender as visitas do próximo domingo (28) nos pavilhões 2,3 e 4, cujos presos estavam envolvidos no tumulto. Os outros feridos já receberam alta hospitalar.

 


Você sabia que o Jornal da Paraíba está no Facebook, Instagram, Youtube e Twitter? Siga-nos por lá. Encontrou algum erro? Entre em contato.